UAI


'Vamos fazer de tudo para tirar o Santos dessa situação', diz Tardelli

No domingo passado, o Santos perdeu por 3 a 0 para o Juventude. Foi o 10º jogo da equipe paulista sem vitória, por diferentes competições

30/09/2021 18:11 / atualizado em 30/09/2021 21:31
compartilhe
Diego Tardelli não esconde o incômodo pela má fase vivida pelo Santos
foto: Ivan Storti/ Santos FC

Diego Tardelli não esconde o incômodo pela má fase vivida pelo Santos



Ainda em busca da sua melhor forma física, Diego Tardelli não esconde o incômodo pela má fase vivida pelo Santos. O atacante até comemorou o adiamento do jogo do fim semana, em nome do maior tempo para treinar, mas admitiu que queria mesmo era entrar em campo no domingo para tentar sua primeira vitória como jogador santista.

"Por um lado será importante, pois ganharemos uma semana a mais de preparação, também possivelmente ajudará no retorno de alguns companheiros que estão fora. Para mim também será fundamental, já que eu ganho mais uma semana para melhorar a parte física. Mas pensando por outro lado, depois da última derrota, o que a gente quer é jogar o mais rápido possível", disse o experiente atacante.

No domingo passado, o Santos perdeu por 3 a 0 para o Juventude. Foi o 10º jogo da equipe paulista sem vitória, por diferentes competições. Nas últimas semanas, o time acumulou eliminações na Copa Sul-Americana e na Copa do Brasil e encostou na zona de rebaixamento do Brasileirão.

"Estávamos querendo esse jogo do Fluminense logo para darmos uma resposta rápida para nós mesmos e também para o torcedor santista. Mas, já que parou, vamos aproveitar ao máximo para fazer um grande clássico com o São Paulo", afirmou Tardelli, referindo-se ao próximo jogo do Santos, o clássico no Morumbi, marcado para quinta-feira que vem, dia 7 de outubro.

O jogo contra o Flu mudou de data por sugestão da CBF, acatada pelo time paulista, porque o Conselho Técnico de Clubes da Série A decidiu pelo retorno das torcidas ao estádio a partir da 23ª rodada, mas o governo do Estado de São Paulo só vai liberar o público nas arquibancadas a partir de 4 de outubro. Para poder jogar o duelo com o Flu com torcida, o Santos optou pela alteração na data.

Para Tardelli, o retorno da torcida à Vila Belmiro, contra o Grêmio, no dia 10, será essencial para a recuperação santista. "Acho que é importante a torcida estar do nosso lado nesse momento. Nós precisamos do torcedor santista, precisamos do apoio deles. O torcedor acredita na gente, e nós também acreditamos no nosso potencial. Sei que o momento é ruim, mas vai passar. Acredito muito nisso olhando a capacidade do nosso elenco. O momento é de falar pouco e fazer mais dentro de campo, e é importante a torcida estar com a gente. Vamos fazer de tudo para sair dessa situação o mais rápido possível."

Compartilhe