UAI

2

Isaquias Queiroz se torna cidadão honorário de Minas Gerais

Canoísta baiano mora e treina na cidade mineira de Lagoa Santa desde 2014

02/09/2021 13:50 / atualizado em 02/09/2021 14:07
compartilhe
Isaquias Queiroz se tornou campeão olímpico neste ano, em Tóquio
foto: Philip Fong/AFP

Isaquias Queiroz se tornou campeão olímpico neste ano, em Tóquio

Dono de quatro medalhas olímpicas, o canoísta Isaquias Queiroz é o mais novo cidadão honorário de Minas Gerais. Natural de Ubaitaba, na Bahia, o atleta mora em Lagoa Santa, cidade mineira da Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde também treina desde 2014 junto da Seleção Brasileira de canoagem.

O reconhecimento foi concedido após aprovação, nesta quinta-feira, da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Ao todo, 53 deputados estaduais foram a favor, enquanto três - Bartô (sem partido), Guilherme da Cunha (Novo) e Laura Serrano (Novo) -  votaram em branco.

Isaquias, atleta do Flamengo desde fevereiro de 2019, também é multicampeão mundial e pan-americano. Três medalhas olímpicas vieram nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016 - duas pratas, nas categorias canoagem sprint C1 1000m e na C2 1000m; e um bronze, na C1 200m -, enquanto a de ouro foi conquistada na Olimpíada de Tóquio, este ano, na C1 1000m.

Isaquias Queiroz durante treino em Lagoa Santa em 2015, quando era atleta do Paulistano
foto: Cristina Horta/EM/DA Press

Isaquias Queiroz durante treino em Lagoa Santa em 2015, quando era atleta do Paulistano

Depois de se tornar campeão olímpico, Isaquias Queiroz, de 27 anos, mencionou a cidade mineira de Lagoa Santa nos agradecimentos.

"Essa medalha eu dedico à minha mãe, meus irmãos de São Paulo, à minha esposa, meu filho, a Ubaitaba, minha terra natal, a Lagoa Santa, que me recebe tão bem. A gente treina lá em Lagoa Santa, e todos os meus apoiadores que estão me apoiando", afirmou, em entrevista ao SporTV, depois da cerimônia da entrega de medalhas no pódio.

Compartilhe