MMA

UFC

Dana White exalta Amanda Nunes e projeta próxima desafiante no UFC

Presidente destaca ambição de Adesanya, apesar de derrota para Blachowicz, e promete revanche entre Sterling e Yan por cinturão após desfecho frustrante

postado em 08/03/2021 13:23 / atualizado em 08/03/2021 13:46

(Foto: Reprodução/UFC/YouTube)
No sábado passado, Amanda Nunes confirmou o status de melhor lutadora de MMA do mundo e defendeu o cinturão do peso pena (66kg) com vitória fulminante sobre Megan Anderson, por finalização a 2min03seg de luta, na atração coprincipal do UFC 263, em Las Vegas. O desempenho da Leoa gerou elogios do presidente do Ultimate, Dana White. O dirigente ainda projetou o próximo desafio para a baiana, agora no peso galo (61kg), categoria na qual também é campeã. 

“Ela é incrível. Ela fez parecer fácil uma luta contra uma adversária bem dura. Ela é uma das pessoas mais legais do mundo e vamos conversar sobre ela voltar logo e defender o título do peso galo. Julianna Peña mandou mensagens para todos nós esta noite. Nós poderíamos fazer isso”, declarou o chefão, apontando a norte-americana como provável desafiante. 

Amanda Nunes chegou ao 21º triunfo em 25 lutas na carreira. São 12 vitórias seguidas da Leoa, que não perde desde 2014, quando foi batida por Cat Zingano. No peso pena, a baiana defendeu o título pela terceira vez. No peso galo, foram cinco defesas de cinturão. 



Planos frustrados de Adesanya


Na entrevista coletiva após o UFC 259, Dana White também destacou Israel Adesanya, campeão do peso médio que desafiou Jan Blachowicz pelo título dos meio-pesados e acabou derrotado por decisão unânime, perdendo invencibilidade no MMA e adiando os planos de ter dois cinturões ao mesmo tempo. 

"Ele é o campeão dos médios, mas não conseguiu o título dos meio-pesados e nem uma luta contra Jon Jones. Você não pode criticar alguém que tenta crescer e se tornar um dos grandes. Ele teve uma oportunidade e não aconteceu. Jan é o cara. Tamanho é sempre um fator quando você sobe de categoria neste esporte. Esta história de double champ (campeão de duas categorias) não é fácil de conseguir. As pessoas que conseguem isso são absolutamente especiais”, comentou. 

Revanche entre Sterling e Yan


Em outra disputa de cinturão no UFC 259,  Aljamain Sterling tomou o cinturão do peso galo do então campeão Petr Yan devido a um golpe ilegal do adversário, no quarto round. Dana White prometeu revanche para definir o título da categoria. 

“A luta estava boa, mas aconteceu isso. Vamos marcar uma revanche assim que for possível. Aljamain foi ao hospital e foi liberado. Ele também quer a revanche. Vamos fazer isso”, assegurou. 



Tags: ufc dana white amanda nunes