UAI

2

Ex-campeã, Miesha Tate acerta retorno ao UFC e vai reestrear em julho

Aos 34 anos, a Cupcake interrompe aposentadoria e retomará carreira

25/03/2021 18:37
compartilhe
Miesha Tate voltará ao UFC no dia 17 julho, contra a veterana Marion Reneau
foto: AFP

Miesha Tate voltará ao UFC no dia 17 julho, contra a veterana Marion Reneau


Depois de quase cinco anos, Miesha Tate está de volta ao Ultimate Fighting Championship. Uma das lutadoras mais carismáticas do MMA, a ex-campeã peso galo deixou aposentadoria de lado e acertou o retorno ao UFC. Ela reestreará contra Marion Reneau, no dia 17 de julho, ainda sem local divulgado. A informação é da ESPN norte-americana. 

Miesha Tate, de 34 anos, lutou pela última vez no UFC em novembro de 2016, quando foi batida por Raquel Pennington, por decisão unânime. Na ocasião, ela sofreu a segunda derrota seguida, depois de perder o cinturão peso galo para Amanda Nunes, no UFC 200, em julho do mesmo ano. A americana conquistara o título diante de Holly Holm, na edição número 196, com triunfo por finalização. 

Miesha Tate assumiu cargo de dirigente no One Championship, atuando como vice-presidente da franquia na Ásia. Em meio à nova carreira fora do cage, ela teve dois filhos, frutos do relacionamento com o também lutador Johnny Nuñez. Em junho de 2018, nasceu Amaia Nevaeh. Em dezembro de 2019, ela deu à luz Daxton Wylder Nuñez. 

Miesha Tate, uma das musas do esporte nos EUA, teve papel preponderante na popularização do MMA feminino. Ao lado de Ronda Rousey, grande desafeta, a Cupcake, como é chamada, protagonizou a luta que deu o 'pontapé' inicial no crescimento das artes marciais mistas entre as mulheres. Em 2012, Miesha foi superada por Rowdy com a tradicional chave de braço, finalização predileta da ex-judoca, e viu a adversária ganhar o cinturão do extinto Strikeforce na divisão até 61kg. 

Miesha Tate protagonizou grandes duelos contra Ronda Rousey: crescimento do MMA feminino
foto: UFC/Divulgação

Miesha Tate protagonizou grandes duelos contra Ronda Rousey: crescimento do MMA feminino



Miesha e Ronda foram contratadas pelo UFC e se reencontraram como treinadoras na 18ª temporada do The Ultimate Fighter, com grande rivalidade diante das câmeras. Elas voltaram a disputar o cinturão no UFC 168, em dezembro de 2013, e Rowdy levou novamente melhor pela mesma técnica da chave de braço. 

Mesmo aposentada, Miesha não abandonou os treinos. Atleta da academia Xtreme Couture, criada pelo ex-campeão Randy Couture, ela retomou a preparação visando ao retorno ao octógono do UFC. Já a adversária na reestreia, Marion Reneau, vai despedir diante da ex-campeã. A veterana de 43 anos vem de quatro derrotas seguidas, a última contra Macy Chiasson, no sábado passado, em Las Vegas. 

Compartilhe