MMA

FEDERAÇÃO FIGHT

Revelador de talentos, Federação Fight promove inclusão social em BH

Evento de MMA valoriza atletas mineiros e ajuda comunidades

postado em 12/05/2021 08:22 / atualizado em 12/05/2021 00:38

(Foto: Rafael Lavô/Território Tupiniquim)

Principal evento de MMA de Minas Gerais, o Federação Fight, que agitará o Ginásio Poliesportivo de Santa Luzia no próximo sábado, dia 15, a partir do meio-dia, com a 13ª edição, nunca abandonou as origens. Desde 2016 promovendo e divulgando as artes marciais mistas em BH e na Região Metropolitana, a entidade tem como ponto forte a inclusão social e, por consequência, a formação de novos atletas. 

Graças a uma iniciativa voltada para favorecer crianças e jovens que dificilmente teriam acesso às artes marciais, o Federação Fight é uma oportunidade para o público das comunidades conhecerem o esporte. A inclusão social consite em aulas gratuitas em locais públicos de BH, como ocorre semanalmente na Barragem Santa Lúcia, na Região Centro-Sul. 

Crianças e adolescentes têm a chance de aprender modalidades como jiu-jítsu, boxe e muay thai, além de participar dos eventos do Federação Fight. O vice-presidente da entidade, Ricardo Costa, disse que o trabalho consiste em promover a inclusão social para tirar jovens do submundo do crime e da violência por meio das artes marciais, bem como favorecer a educação e formação de caráter de um cidadão. 

"Nosso principal objetivo é formar cidadãos através da disciplina da luta. O evento é a vitrine, onde nossos jovens aparecem para os maiores eventos do mundo”, destacou Ricardo Costa, que ressaltou o caráter solidário para que o maior número possível de crianças e jovens sejam beneficiados. 

"Estamos com mais de 500 crianças e adolescentes englobados no projeto. A gente atende a necessidade de cada um em sua comunidade. Se precisar de quimono a gente fornece, se for professor a gente leva, se for comida a gente leva. Na Barragem Santa Lúcia, por exemplo, fizemos doações de quimonos e promovemos aulas semanais", enfatizou Costa, que conta com auxílio de professores e patrocinadores na iniciativa. 

(Foto: Rafael Lavô/Território Tupiniquim)


Celeiro de lutadores


O projeto social contribui também para o surgimento de novos atletas para o MMA. Tanto que o card do evento de sábado terá espaço para lutas amadoras. O mais importante, segundo Ricardo Costa, é que as inscrições são gratuitas, ao contrário dos outros eventos no estado, que cobram cerca de R$ 100 pela participação. 

As lutas são casadas pela organização, que leva em conta fatores como experiência, peso e idade para que não haja um desequilíbrio entres os combatentes. Para o evento de sábado, estão previstos 15 duelos entre atletas amadores, ainda em início de trajetória no MMA e que sonham com a profissionalização no esporte. 

Nos últimos anos, o Federação Fight foi o ponto de partida de lutadores que ultrapassaram fronteiras e chegaram a eventos importantes no exterior. Lutadoras como Norma Dumont, de BH, e Luana Pinheiro, que veio da Paraíba para a equipe de judô do Minas, passaram pelo cage do evento mineiro e alcançaram espaço no Ultimate Fighting Championship. 

Outros lutadores como Bruno Assis, Dennis 3D, Carlin Soares, Roggers de Souza e Vinicius Salvador também surgiram no Federação Fight e desbravaram o mundo em eventos internacionais de MMA como Brave, Pancrase, ACA. E abasteceram cards de franquias de lutas conhecidas no Brasil e na América Latina, como o Jungle Fight e o Shooto. 

Protagonistas do Federação Fight 13, o campeão peso galo, Fernando 'Ben 10' é também atleta do Jungle Fight, assim como o desafiante, João Oliveira, o Diamond. Outros escalados no card principal, Dennis 3D e Carlin Soares já passaram por eventos internacionais e estão de volta a Minas para a edição deste sábado.

(Foto: Divulgação/Federação Fight)
 

Federação Fight 13


Sábado, 15 de maio
Local: Ginásio Poliesportivo de Santa Luzia
Horário: a partir do meio-dia
Transmissão on-line: canal do Território Tupiniquim no YouTube  (www.Youtube.com/TerritorioTupiniquim

CARD* 


Duelos profissionais

Fernando 'Ben10' x João Oliveira - cinturão peso galo (61kg)
Carlin Soares x Johnny Winchester - peso galo (61kg)
Deninho 3 D x Pedro Henrique - peso mosca (57kg)
Wanderson Michel x Lauro Rocha - peso leve (70kg)
Daniel Bulldog x Leandro The Punisher - peso galo (61kg)

Duelos amadores

Pedro Antonio x João Marcos – peso mosca (57kg)
Reginaldo x Cleber Santos – peso leve (70kg)
Alan Edler x Alexandre Augusto – peso pena (66kg)
Vitão x Willer Alves –peso casado (90kg)
Alexandre Siqueira x Carlos Jesus – peso pena (66kg)
Warlen Souza x Diogo Soares – peso pena (66kg)
Eduardo Chagas x João P Moreira – peso pena (66kg)
Highlander Goku x Paulo Henrique – peso meio-médio (77kg)
Leibness Moraes x Vitor Galvão – peso pena (66kg)
Michel Alves x Nala França – peso meio-médio (77kg)
Gabriel Henrique x João Everton Santos – peso meio-médio (77kg)
Laryssa Leila x Karla Yasnara – peso palha (52kg)
Luiz Figueiredo x Leandro Gustavo – peso casado de 82kg
Stefan x Juvani Batista – peso galo (61kg)
Antonio David x Anderson Xavier – peso galo (61kg)

*sujeito a alterações

Tags: crianças comunidades inclusão social santa luzia barragem santa lúcia lutadores projeto social Federação Fight Federação Fight 13