MMA

FENÔMENO

Vitor Belfort anuncia luta de boxe contra Evander Holyfield em agosto

Antes, Fenômeno vai enfrentar Mike Holston, em 19 de junho, em Miami

postado em 09/06/2021 19:43

(Foto: Reprodução/Instagram)

Depois de deixar o MMA e migrar definitivamente para o boxe, Vitor Belfort já tem os primeiros adversários nos ringues. Nesta quarta-feira, o Fenômeno, como ficou conhecido desde os tempos em que começou no UFC, vai enfrentar  Mike Holston, no próximo dia 19, em Miami. Ao mesmo tempo, o brasileiro revelou que o segundo oponente deverá ser ninguém menos que Evander Holyfield, ex-campeão mundial dos pesos-pesados em três organizações diferentes. 

Na coletiva de lançamento da luta contra Mike Holston, Vitor Belfort disse que o objetivo, a princípio, era ter Holyfield como adversário no primeiro compromisso nos ringues. Entretanto, o ex-campeão já tinha compromisso firmado diante de Kevin McBride - os dois se enfrentarão também no dia 19 de junho. 

"A luta era para ser com o Holyfield, mas ele não aceitou. O time dele aceitou. Aí, eles me perguntaram se eu queria lutar com o cara, porque ele foi o único que aceitou. Tentamos diversos, mas nenhum quis. Então, em agosto, vou enfrentar o Holyfield. O combinado é esse. Vamos fazer um crossover. É hora de fazer as lutas que os fãs querem, mas não só lutas, é a experiência", enfatizou o Fenômeno, de 44 anos. 

Sem Holyfield, Belfort não desistiu de buscar outro adversário, até que apareceu a oportunidade de enfrentar o The Real Tarzan, como é chamado Mike Holston. O brasiliero considera que será mais um desafio na carreira. "Eu faço acontecer. Você não controla a vida. Era para ser Holyfield, mas ele disse não e vamos lutar em agosto. Quando me apresentaram o Tarzan, aceitei. Por quê? Porque tudo é um desafio. É uma boa situação para ele e para mim", explicou. 

Belfort disputou a última luta pelo UFC em maio de 2018, na derrota para Lyoto Machida, por nocaute (chute frontal) no segundo round. O duelo ocorreu pela edição número 224, no Rio de Janeiro. Logo depois do revés, o Fenômeno anunciou a saída da organização e, no ano seguinte, assinou com o One Championship. Entretanto, ele não chegou a ser escalado pelo evento asiático de MMA e decidiu romper o acordo.

(Foto: Harry Aaron/AFP)


Belfort tem uma luta de boxe na carreira. Foi em 2006, quando ele nocauteou Josemario Neves logo no primeiro minuto do round inicial, em Salvador, na Bahia. O Fenômeno permaneceu em treinamento constante, mesmo quando deixou o MMA, e ajudou outro veterano, Mike Tyson, na preparação visando ao duelo contra Roy Jones Jr, disputada em novembro de 2020, em Los Angeles, e que terminou com empate.

"Eu luto para entreter. As pessoas procuram desculpas, mas eu busco soluções. Como eu poderia dizer não? Ele foi respeitoso. Ele sabe no que está se metendo e não procurou uma luta fácil. Ele aceitou enfrentar um dos maiores nocauteadores da historia do UFC. Ele disse sim e o respeito. Ele não é como os outros dois palhaços. Esse cara ama animais, é respeitoso, veio do nada e vai lutar contra um dos melhores", declarou o brasileiro. 

Holyfield


Aos 58 anos, Evander Holyfield disputará luta de exibição contra Kevin McBride. Aposentado desde maio de 2011, quando bateu Brian Nielson por nocaute técnico no décimo round, em Copenhage, na Dinamarca, o ex-campeão seguiu o caminho de um grande rival, Mike Tyson, que reapareceu para enfrentar Roy Jones em Los Angeles. McBride, que derrotou Tyson em 2005, de 48 anos, lutou pela última vez como profissional em 2011. 

Tags: boxe maisesportes vitor belfort Fenômeno Holyfield Mike Holston The Real Tarzan