UAI


UFC comunica obrigatoriedade de vacinação para entrada de atletas nos EUA

A partir de 8 de novembro, governo exigirá comprovante para viajantes

19/10/2021 21:26
compartilhe
UFC comunica a lutadores estrangeiros novas normas do governo para entrar nos EUA
foto: AFP

UFC comunica a lutadores estrangeiros novas normas do governo para entrar nos EUA


A partir de 8 de novembro, qualquer lutador contratado para um evento do UFC nos Estados Unidos terá que apresentar cartão de vacinação contra COVID-19 para entrar no país. A determinação, comunicada aos atletas nesta terça-feira pela organização, é do governo federal norte-americano e vale para todos os estrangeiros. 

O diretor de negócios do UFC, Hunter Campbell, enviou comunicado aos lutadores e respectivas equipes sobre as normas definidas pelo governo dos EUA no combate ao coronavírus. A partir de 8 de novembro, qualquer estrangeiro que pretende entrar no país terá que ser imunizado com uma das sete vacinas aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). E será necessário apresentar o comprovante de vacinação. 

Outra determinação que vale para os estrangeiros é a obrigatoriedade de apresentar teste de COVID-19 com resultado negativo, realizado até 72h antes da viagem. A norma vale também para os que chegam do México e do Canadá, bem como os tripulantes de navio. 

Seguindo a linha do presidente do UFC, Dana White, que já descartou obrigar os lutadores a se vacinarem contra COVID-19, o diretor de negócios alertou que a decisão é do governo norte-americano. No comunicado aos atletas e equipes, Hunter Campbell explicou a norma para os que pretendem viajar aos EUA antes da nova política entrar em vigor. 

Governo dos EUA exigirá comprovante de vacinação contra COVID-19 a viajantes
foto: Rami al Sayed/AFP

Governo dos EUA exigirá comprovante de vacinação contra COVID-19 a viajantes



Confira o comunicado do UFC aos lutadores  


Os passageiros aéreos estrangeiros deverão estar totalmente vacinados e fornecer prova de seu status de vacinação para voar aos Estados Unidos. Os viajantes totalmente vacinados também deverão apresentar um teste Covid-19 negativo antes da partida, feito três dias antes da viagem, antes do embarque. Esta política também se aplica a estrangeiros que cruzam as fronteiras terrestres com o Canadá e o México ou que chegam aos EUA de navio.

Para ser claro, esta NÃO é uma política do UFC. O UFC não exige que você se vacine. Estamos simplesmente comunicando as novas diretrizes recentemente anunciadas pelo governo dos EUA (...). Essa política entra em vigor em 8 de novembro, deixando muito pouco tempo para fazer arranjos se você estiver lutando em um card do UFC em novembro. Se você decidir viajar para os EUA antes que a nova política entre em vigor, você precisará de uma isenção se estiver viajando de um dos países restritos. Entre em contato com a equipe de Imigração do UFC (...) para que possamos garantir que você tenha uma isenção de viagem válida em vigor (...). Não está claro no momento quais parâmetros serão aplicados aos cidadãos dos EUA ou residentes permanentes (portadores do Green Card) que não foram vacinados.


Compartilhe