UAI


Jon Jones troca de academia após dispensa por caso de violência doméstica

Bones treina em casa nova depois de ser suspenso por antigo treinador

12/11/2021 23:19
compartilhe
Jon Jones vai colecionando polêmicas na vida pessoal e também como lutador do UFC
foto: Ronald Martinez/AFP

Jon Jones vai colecionando polêmicas na vida pessoal e também como lutador do UFC


A fase não anda nada boa para o astro do UFC, Jon Jones. Sem previsão de quando voltará a lutar - ele abdicou do cinturão dos meio-pesados para subir à divisão dos pesados (120kg) -, ele voltou a enfrentar problemas com a Justiça e acabou dispensado da academia Jackson Wink, em Albuquerque (EUA), por um dos antigos head coach, Mike Winkeljohn.

Jon Jones foi retirado da equipe de treinos de Mike Winkeljohn depois da acusação de agressão à noiva, Jessie Moses. O lutador anunciou transferência para outra academia na mesma cidade, a Jackson MMA Acoma, que liderada pelo técnico Greg Jackson, que ainda permaneceu como treinador de Bones.

Nas redes sociais, Jon Jones postou vídeo se movimentando na nova academia. Ele aproveitou para agradecer a boa acolhida e, em especial, a Nick Urso, treinador que trabalha com Greg Jackson na Jackson MMA Acoma. "Quero agradecer sinceramente ao proprietário/treinador da academia, Nick Urso, e a todos no programa original de MMA de Jackson, por me permitirem chamar seu dojo de minha nova casa."

"Fiquei muito orgulhoso de ver o estado da academia, estava muito bem cuidada e a energia era incrível exatamente como antes. Tenho memórias maravilhosas de quando aprendi com GSP (Georges St-Pierre), Sugar (Rashad) Evans, "The Dean of Mean" (Keith Jardine) e muitos outros. Ganhei meu primeiro título mundial nesta academia. Sou grato por ter este lugar confortável para os meus parceiros de treinamento locais e visitantes virem desfrutar. O melhor está por vir!", postou Bones. 



Jon Jones acumula grandes vitórias, títulos e polêmicas ao longo da carreira. O último problema do astro com a Justiça foi prisão em Las Vegas, sob acusação de violência doméstica, lesão corporal e violação de veículos. Ele estava na cidade para participar da cerimônia do Hall da Fama do UFC, que incluiu o duelo de Bones com o sueco Alexander Gustafsson, em setembro de 2013, entre as 'Lutas Históricas'. O lutador foi detido por 12h e pagou fiança de US$ 8 mil para ser liberado.

Aos 34 anos, Jon Jones já enfrentou problemas diversos com a polícia. Se no octógono sua carreira é bastante vitoriosa, fora dele é recheada de polêmicas. Em 2012, ele sofreu um acidente de carro em Nova York e foi preso porque dirigia alcoolizado.

Compartilhe