ATLÉTICO

Atlético quita dívida de R$ 12 milhões pela aquisição de Guilherme Arana

Caso já estava na Fifa, e clube poderia sofrer punições pela falta de pagamento

postado em 04/05/2021 22:19 / atualizado em 05/05/2021 14:39

(Foto: Pedro Souza/Atlético)

Antes da goleada sobre o Cerro Porteño-PAR, por 4 a 0, no Mineirão, pelo Grupo H da Copa Libertadores, o Atlético conseguiu dar um importante passo fora dos gramados. O clube quitou uma dívida de cerca de R$ 12 milhões com o Sevilla, da Espanha, pela aquisição de 50% dos direitos econômicos do lateral-esquerdo Guilherme Arana, que chegou ao clube no início do ano passado.

O Superesportes apurou que o valor já era cobrado pelo clube espanhol na Fifa. O alvinegro agilizou o pagamento, já que poderia sofrer punições pela manutenção da dívida.

Guilherme Arana foi contratado pelo Atlético no fim de janeiro de 2020. Na época, o clube acertou o empréstimo do jogador junto ao Sevilla por 2,5 milhões de euros (R$ 11,7 milhões na cotação do dia). O contrato vai até julho deste ano, quando o alvinegro será obrigado a comprar o jogador por mais 2,5 milhões de euros (R$ 16,3 milhões na cotação atual).

Nos últimos dias, o presidente Sérgio Coelho e o vice José Murilo Procópio enviaram uma carta aos conselheiros para falar dos primeiros quatro meses de gestão. Entre os pontos citados estava o pagamento de dívidas na Fifa.

"No quesito financeiro, pagamos as parcelas devidas à FIFA e outros débitos que não poderiam ser adiados. Mais: todos os salários estão em dia, assim como os tributos", dizia parte do documento.

Guilherme Arana é titular absoluto do Atlético desde a sua chegada. Desde então, fez 56 jogos, com oito gols marcados e 11 assistências - a última nesta noite, na goleada por 4 a 0 sobre o Cerro Porteño no Mineirão.




Tags: galo atlético interiormg libertadores2021