Vôlei

SUPERLIGA MASCULINA

Cruzeiro vence Ribeirão Preto com facilidade e mantém folga na liderança

Jovem oposto de 20 anos comanda triunfo celeste em Contagem

postado em 28/02/2021 21:06 / atualizado em 28/02/2021 21:20

(Foto: Agência i7/Cruzeiro )

O Cruzeiro confirmou o favoritismo, não deu chance ao azar e derrotou o Ribeirão Preto com facilidade, por 3 sets a 0, na noite deste domingo, no Ginásio do Riacho, em Contagem, pela 10ª rodada do returno, a penúltima da fase de classificação. As parciais foram de 25/20, 25/15 e 25/19.

O Cruzeiro manteve a vantagem de sete pontos sobre o Taubaté na classificação. O time celeste lidera com 57 pontos - ganhou 19 e perdeu uma vez -, enquanto os paulistas estão em segundo, com 50, mas ainda tem duas partidas a cumprir na fase inicial. O Ribeirão Preto, por sua vez, é o lanterna e soma apenas nove pontos - tem dois triunfos em 19 confrontos. 

O Cruzeiro tem dois jogos a cumprir no restante da fase de classificação. Na próxima terça-feira, o time celeste enfrenta o Sesi-SP, às 19h, em Contagem, duelo atrasado da sétima rodada do returno. No sábado (6), os estrelados medirão forças em confronto direto pela liderança, diante do Taubaté, às 19h, na cidade do interior paulista de mesmo nome. 

(Foto: Agência i7/Cruzeiro )


Diante do lanterna, o Cruzeiro não teve resistência para alcançar mais um triunfo. O time celeste foi dominante desde o começo, mesmo com a ausência do oposto Alan, poupado por causa de dor no pé esquerdo. O jovem Oppenkoski, o substituto, não sentiu o peso da responsabilidade e terminou como maior pontuador em quadra, com 13 acertos. Ele ainda recebeu o Troféu VivaVôlei como melhor da partida. 

Formado nas divisões de base do Cruzeiro, o oposto de 20 anos vem aproveitando as chances para mostrar serviço no grupo do técnico Marcelo Mendez. “Substituir o Alan não é uma missão fácil, mas apesar de ser difícil está sendo muito prazeroso. Estou muito feliz de poder estar dentro de quadra, defendendo um time do nível do Cruzeiro, e, além de vencer, ainda ganhar o prêmio de melhor em quadra", destacou.

CRUZEIRO 3 x 0 RIBEIRÃO PRETO

CRUZEIRO
Cachopa, Oppenkoski, López, Rodriguinho, Otávio, Cledenilson e o líbero Lukinha
Técnico: Marcelo Mendez

RIBEIRÃO PRETO
Luis, Roberval, André, Renan, Leitzke, Guilherme Rech, e o líbero Diego. Entraram: Luiz Henrique, Pedro, Bruno, Guilhermee Ramon
Técnico: Marcos Pacheco

Tags: ribeirão preto cruzeiroec superliga masculina Oppenkoski