Vôlei

SUPERLIGA MASCULINA

Cruzeiro e Minas recebem times paulistas em jogos atrasados na Superliga

Celestes encaram o Sesi-SP, enquanto o MTC pega o lanterna

postado em 01/03/2021 19:48

(Foto: Agência i7/Cruzeiro e Orlando Bento/MTC)

Cruzeiro e Minas entram em quadra nesta terça-feira, pela Superliga, em jogos contra times paulistas que foram adiados por causa da COVID-19 e tiveram data remanejada. A equipe estrelada receberá o Sesi-SP, às 19h, no Ginásio do Riacho, em Contagem, pela sétima rodada do returno. Os minas-tenistas terão pela frente o lanterna, Ribeirão Preto, no mesmo horário, na Arena MTC. O confronto é válido pela primeira rodada do returno. 

O Cruzeiro volta a jogar 48 horas depois de bater o lanterna Ribeirão Preto, por 3 a 0, em Contagem. O Minas vive a mesma situação, já que, nesse domingo (28) à tarde, enfrentou o Uberlândia e ganhou por 3 a 0, no Sabiazinho, no Triângulo Mineiro. Os dois jogos foram pela décima rodada do returno.  

Com calendário apertado, os times enfrentam maratona de partidas até o fim da fase de classificação. Com 57 pontos, o Cruzeiro disputa com o Taubaté a liderança definitiva da fase de classificação. O time celeste está com sete a mais que os paulistas, que entrarão em quadra nesta quarta-feira, em duelo atrasado diante do Campinas, às 21h30, em Taubaté. O Sesi-SP faz campanha ruim e ocupa o 10º lugar, com 15 pontos. 

Cruzeiro e Taubaté se enfrentarão no encerramento da fase de classificação. O jogo será no próximo sábado, às 19h, em Taubaté (SP), pela 11ª rodada. O time paulista precisa vencer o Campinas e torcer por tropeço dos celestes diante do Sesi-SP, para decidir a liderança em casa. O Taubaté ainda tem partida atrasada a cumprir contra o Sesi-SP, remarcada para o dia 8 de março, segunda-feira, às 19h, em São Paulo.

O central Otávio disse que terminar em primeiro lugar a etapa classificatória é a meta traçada no Cruzeiro. “A liderança da primeira fase é o nosso maior objetivo agora, mas acho que o nosso pensamento precisa estar em fazer o nosso melhor a cada jogo. A gente vem crescendo como grupo, evoluindo individualmente e mostrando um bom trabalho”, enfatizou. 

MINAS


Em quarto lugar, com 41 pontos, o Minas projeta terminar a fase de classificaçao na melhor posição possível. Para isso, precisa vencer as duas partidas restantes em sets diretos e torcer por tropeços do Campinas, o terceiro, com 47. O adversário desta terça-feira, o Ribeirão Preto, é o time de pior campanha: está na lanterna, com apenas nove pontos. 

O desgaste é o principal obstáculo apontado pelos minas-tenistas na reta final da classificatória. “A gente sabe que vai ser uma partida difícil, por conta do cansaço, foram cinco dias entre estrada e jogos, foi uma semana pesada para nossa equipe. Estamos em preparação para os playoffs, e o Ribeirão briga na zona de rebaixamento. Temos que colocar o nosso padrão de jogo, independentemente do adversário", recomendou o ponteiro Honorato. 

Tags: minas ribeirão preto cruzeiroec sesi-sp superliga masculina