UAI


Praia vence o Minas em Brusque e conquista o tetra da Supercopa de Vôlei

Time de Uberlândia derrota rival por 3 a 0 e fatura o quarto título

18/10/2021 23:53 / atualizado em 19/10/2021 00:23
compartilhe
Depois do Estadual, Praia volta a levar a melhor sobre o Minas e fatura o tetra da Supercopa
foto: Cristiano Andujar/CBV

Depois do Estadual, Praia volta a levar a melhor sobre o Minas e fatura o tetra da Supercopa


Depois de faturar o Campeonato Mineiro, o Praia clube voltou a superar o Minas em uma decisão, agora em nível nacional. Nesta segunda-feira, na Arena Multiuso, em Brusque, interior catarinense, o time de Uberlândia bateu o rival por 3 sets a 0 e conquistou o tetracampeonato da Supercopa de Vôlei. As parciais foram de 25/16, 25/18 e 25/20.

Foi o quarto título consecutivo do Praia Clube na Supercopa de Vôlei, que abre o calendário de competições promovidas pela CBV. No fim de semana passado, as aurinegras, que vinham de seguidas derrotas para as minas-tenistas em finais de Superliga e Copa Brasil, faturaram o Estadual com contundente vitória por 3 a 0, na Arena MTC, em BH. 

A Supercopa reúne o campeão da Superliga e da Copa Brasil da temporada anterior. Como o Minas venceu as duas competições em 2020, o Praia, que em ambas ficou com o vice, foi o adversário das minas-tenistas em Brusque.

A exemplo do jogo pelo Mineiro, o Praia Clube não deu chance para o Minas, que pela terceira vez foi vice na Supercopa de Vôlei. A equipe de BH ainda não tem esse troféu na prateleira. Já a equipe de do Triângulo venceu as edições de 2018, em Fortaleza, 2019, em Uberlândia, e 2020, em Campo Grande, no Mato Grosso. 

Minas 0 x 3 Praia - Supercopa de Vôlei



A final da Supercopa mostrou que a diferença física entre as equipes é grande neste começo de temporada. O Minas foi prejudicado por casos de COVID-19 no grupo, enquanto o Praia teve mais força e ritmo para buscar mais um triunfo. Só no segundo set as minas-tenistas esboçaram uma reação, mas as aurinegras retomaram o controle e fecharam em 3 a 0. 

Em entrevista ao SporTV, a central Carol, do Praia, disse que o bom começo de temporada é fruto de trabalho. "Estou muito feliz por ter conquistado o título, nosso time foi merecedor. São dois times que têm muito a evoluir, que se conhecem, por isso foi um jogo de xadrez. Estamos de parabéns, trabalhamos muito e agora vamos descansar um pouco, pois já teremos outra competição. O segredo é trabalho, acreditar que é possível e colocar isso dentro de quadra", ensinou.

SUL-AMERICANO DE CLUBES

As duas equipes voltam as atenções para a disputa do Campeonato Sul-Americano de Clubes. Minas e Praia seguem direto para Brasília, que receberá a competição a partir desta quinta-feira, no Ginásio do Sesti Taguatinga. Além dos mineiros, o Brasil será representado pelo anfitrião Brasília. Entre os adversários estarão Olimpia, do Uruguai, e San Martín, da Bolívia. 

O Sul-Americano de Clubes em Brasília será disputado em sistema de pontos corridos, com todos se enfrentando, entre esta quinta-feira e a próxima segunda-feira (25). Campeão e vice representarão o continente no Mundial de Clubes marcado para Ancara, na Turquia, de 15 a 19 de dezembro. 

SUPERLIGA

A Superliga Feminina será outro desafio para as equipes mineiras. Minas e Praia, atuais campeão e vice, estrearão no próximo dia 29, sexta-feira, ambas em casa. As minas-tenistas terão pela frente o Valinhos, às 18h, na Arena MTC. As aurinegras receberão o Pinheiros, às 18h, na Arena Dentil, em Uberlândia. 



Compartilhe