UAI


Minas e Praia Clube estreiam com vitória no Sul-Americano de Vôlei

Times mineiros batem Brasília e Olímpia, respectivamente, no DF

21/10/2021 23:45 / atualizado em 21/10/2021 23:55
compartilhe
Minas teve trabalho diante do anfitrião Brasília, mas buscou a virada por 3 a 1
foto: Matheus Veloso/CSV

Minas teve trabalho diante do anfitrião Brasília, mas buscou a virada por 3 a 1


Os representantes mineiros estrearam de forma positiva no Campeonato Sul-Americano Feminino de Clubes. Em busca do sexto título, o Minas derrotou o anfitrião Brasília por 3 sets a 1, de virada, na abertura do torneio. As parciais foram de 23/25, 25/22, 25/15, 25/20. No jogo de fundo da rodada dupla desta quinta-feira, no Ginásio do Sesi Taguatinga, no Distrito Federal, o Praia bateu o Olímpia, do Uruguai, por 3 a 0 - 25/10,  25/11, 25/8.

O Sul-Americano tem como sede Brasília, e o sistema de disputa é em pontos corridos, com todos os cinco times se enfrentando em turno único. Campeão e vice terão presença garantida no Mundial de Clubes, que será em Ancara, na Turquia, entre 15 e 19 de dezembro próximo. 

Nesta sexta-feira, pela segunda rodada, o Praia Clube enfrentará o Brasília, às 19h. No jogo de fundo, a partir das 21h, o Olímpia terá pela frente o San Martín, da Bolívia, que folgou na abertura do Sul-Americano. O Minas, por sua vez, descansa e voltará a jogar no sábado, diante do Olímpia, às 19h. As partidas têm transmissão ao vivo no  canal do BRB Banco de Brasília  no YouTube. A capacidade de público no ginásio é limitada a 50%. 

ALERTA NO MINAS

Em busca do hexa, o Minas teve mais dificuldade diante do anfitrião Brasília. Contra as donas da casa, as minas-tenistas precisaram ainda superar o abalo com as derrotas seguidas para o rival Praia, tanto no Mineiro quanto na Supercopa, ambas conquistadas pela equipe de Uberlândia com triunfos por 3 a 0 nos dois clássicos estaduais. 

 As minas-tenistas saíram em desvantagem e precisaram correr atrás da recuperação. O técnico Nicola Negro usou a formação titular, mas o time demorou a se encontrar em quadra. O MTC repetiu falhas cometidas contra o Praia, mas o Brasília errou ainda mais e não impediu a reação das adversárias, que viraram para 3 a 1. 

Técnico Paulo Coco aproveitou fragilidade do adversário para dar ritmo às reservas no Praia
foto: Matheus Veloso/CSV

Técnico Paulo Coco aproveitou fragilidade do adversário para dar ritmo às reservas no Praia



RESERVAS NO PRAIA

O técnico Paulo Coco escalou time reserva, e ainda assim o Praia Clube não teve dificuldade para bater o Olímpia. O treinador aproveitou para dar ritmo ao grupo, já pensando nos jogos decisivos do Sul-Americano e também na Superliga Feminina, que começa no próximo dia 29. 

A experiente central Walewska começou como titular, enquanto Carol e Jineiry foram poupadas, assim como o restante da equipe principal: a levantadora Claudinha, a oposta Brayelin Martínez, a ponteira Ana Buijs e a líbero Suelen ficaram no banco. 

JOGOS DO SUL-AMERICANO FEMININO

Brasília 1 x 3 Minas (25/23, 22/25, 15/25, 20/25)
Praia Clube 3 x 0 Club Olímpia (URU) (25/10, 25/11, 25/8)

22/10 - 19h: Praia Clube x Brasília
22/10 - 21h: Club Olímpia (URU) x San Martín (BOL)

23/10 - 19h: Minas x Club Olímpia (URU)
23/10 - 21h: Praia Clube x San Martín (BOL)

24/10 - 19h: Minas x San Martín (BOL)
24/10 - 21h: Brasília x Club Olímpia (URU)

25/10 - 19h: Brasília x San Martín (BOL)
25/10 - 21h: Minas x Praia Clube

Compartilhe