UAI

2

Minas se impõe contra rebaixado Uberlândia e retoma liderança da Superliga

Time minas-tenista deslancha após primeiro set, vence bem em casa e recupera a primeira posição

13/03/2022 20:55
compartilhe
Minas teve um pouco de dificuldade no começo, mas deslanchou e se impôs diante do lanterna
foto: Orlando Bento/Minas

Minas teve um pouco de dificuldade no começo, mas deslanchou e se impôs diante do lanterna


Ultrapassado pelo Cruzeiro na véspera, o Minas deu a resposta neste domingo e recuperou a primeira posição da Superliga Masculina. O time minas-tenista bateu o Uberlândia, já rebaixado, por 3 sets a 0, na Arena MTC, pela décima rodada do returno. As parciais foram de 25/20, 25/13 e 15/16.

O Minas chegou a 55 pontos, com 18 vitórias e duas derrotas. E deixou o Cruzeiro, que soma 53, novamente em segundo lugar. O Uberlândia, rebaixado com antecedência, faz campanha vexatória e sofreu a 20ª derrota em igual número de partidas. O time do Triângulo terá a companhia do Goiás, que também caiu para a Superliga B, mas tem 12 pontos. 

Minas e Cruzeiro brigam pela liderança a duas rodadas para o fim da fase de classificação. O time minas-tenista terá pela frente o Goiás, na próxima quarta-feira, às 19h, novamente em casa, jogo atrasado da nona rodada. E encerrará a primeira etapa como visitante, diante do Blumenau, que já está garantido nos playoffs, no dia 19. 

O Cruzeiro terá o mesmo Uberlândia pela frente, na terça-feira que vem, às 19h, jogo atrasado da nona rodada do returno. O time celeste fecha a primeira parte da competição como visitante, diante do Guarulhos, também já assegurado nos playoffs, no próximo dia 19. A Raposa terá que vencer e depender do tropeço do rival Minas, para tomar a liderança. 

Bloqueio foi responsável por cinco pontos do Minas diante do Uberlândia
foto: Orlando Bento/Minas

Bloqueio foi responsável por cinco pontos do Minas diante do Uberlândia



O JOGO 


O Minas não teve trabalho diante do combalido Uberlândia. Só no primeiro set, em determinados momentos, é que o time visitante resistiu. Os minas-tenistas tiveram um ataque bem distribuído, já que dois jogadores terminaram como os principais pontuadores: o central Matheus Pinta e o ponteiro Honorato, cada um marcando 11 vezes. Outro destaque foi o ponta Leozinho, com 10. 

O veterano oposto Leandro Vissotto ficou como opção entre os resevas, mas não foi utilizado pelo técnico Nery Tambeiro, que poupou o titular. O substituto foi o cubano Sanchez, que deu conta do recado mais uma vez e terminou a partida com oito pontos. 

Escolhido o melhor em quadra, o líbero Maique recebeu o Troféu VivaVôlei e disse que o Uberlândia jogou solto, sem a obrigação de vencer, o que deixou o duelo tenso no começo, quando o Minas cometeu muitos erros. Ele destacou a melhora e a retomada do controle ao longo da partida. 

"O primeiro set foi bem difícil. A gente começou errando muito. É um jogo de superação, estamos vindo de uma frequência de jogos muito intensa, estamos trabalhando muito nessa reta final da Superliga para entrar nos playoffs cada vez melhor. Eles jogaram sem responsabilidade, a responsabilidade era toda nossa. A gente está buscando dar o nosso melhor nessa reta final tanto física quanto tecnicamente", frisou o líbero do Minas e da Seleção Brasileira. 


Compartilhe