UAI

2

Brasil bate Polônia no segundo jogo pela Liga das Nações Feminina de Vôlei

Seleção comandada por Zé Roberto Guimarães vence por 3 sets a 0, mantém aproveitamento de 100% e assume liderança de forma provisória

02/06/2022 19:44 / atualizado em 02/06/2022 20:13
compartilhe
Carol, do Praia, comandou o Brasil com 15 pontos, sete deles no bloqueio
foto: FIVB/Divulgação

Carol, do Praia, comandou o Brasil com 15 pontos, sete deles no bloqueio


A Seleção Brasileira Feminina venceu a Polônia na tarde desta quinta-feira pela segunda rodada da Liga das Nações Feminina de Vôlei, em Shreveport, nos Estados Unidos. O Brasil triunfou por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/21 e 25/22, e assumiu provisoriamente a liderança da competição.

A equipe comandada por José Roberto Guimarães volta à quadra já nesta sexta-feira, quando enfrenta a República Dominicana, às 19h (de Brasília).

Apesar do placar final elástico, o primeiro set foi apertado para as brasileiras. As equipes trocaram a liderança do set diversas vezes, até o momento em que as polonesas abriram 22 a 20. O Brasil começou a reação, chegou a tomar o 23º ponto, mas fechou o primeiro set com Diana.

Na volta à quadra, a seleção europeia acabou ficando na frente do placar por quase todo o segundo set. O Brasil foi liderar o marcador apenas no 21 a 20, após a entrada de Karina. A partir daí, as brasileiras dominaram as jogadas e venceram por 25 a 21, após erro das polonesas.

No terceiro e último set, a Seleção Brasileira voltou forte e chegou a abrir vantagem de 19 a 14. Apesar da Polônia esboçar uma reação, as brasileiras fecharam o jogo em 25 a 22, com Carol fazendo o match point.

A central do Praia Clube foi destaque da partida e deixou a quadra como principal pontuadora, com 15 acertos. Mais uma vez, o bloqueio foi o ponto forte de Carol, que marcou nada menos que sete pontos nesse fundamento. Ela ainda acertou três aces. 

Carol mereceu elogios da ponteira Julia Bergmann, que vem se firmando na reformulada Seleção de José Roberto Guimarães. "Carol é um monsto no bloqueio", brincou a revelação de 21 anos. "Foi um bom jogo,j jogamos melhor que na estreia, quando estávamos um pouco nervorsas, pois foi o nosso primeiro jogo na Liga das Nações. Eu penso que nosso jogo fluiu melhor hoje (quinta-feira), destacou a ponta, nascida em Munique, na Alemana, e que tem nacionalidade brasileira.

Compartilhe