UAI

2

Em jogo difícil, Brasil bate Japão e avança à semifinal da Liga das Nações

Seleção Brasileira triunfa por 3 sets a 1 e aguarda vencedor do confronto entre Estados Unidos e Sérvia para conhecer rival da próxima fase

13/07/2022 11:37
compartilhe
Brasil supera Japão em jogo duro na Turquia
foto: FIVB

Brasil supera Japão em jogo duro na Turquia


A Seleção Brasileira de vôlei feminino garantiu a classificação para a semifinal da Liga das Nações nesta quarta-feira, ao derrotar o Japão por 3 sets a 1, com parciais de 29/27, 28/26, 20/25 e 25/13, em jogo disputado em Ancara, na Turquia.

Grande parte da partida foi extremamente equilibrada. No primeiro set, a seleção japonesa chegou a fazer 21 a 15, mas o Brasil, através de bloqueios sólidos e do brilho de Júlia Bergmann, marcou seis pontos seguidos e empatou. Com 25 a 25 no placar, as equipes pontuaram de forma alternada até, mais uma vez bloqueando, a Seleção fechar a parcial.

O segundo set seguiu o equilíbrio e não se viu vantagem maior que três pontos durante toda sua duração. Júlia Bergann e Gabi se destacaram, pontuando diversas vezes. Macris distribuiu bolas com muita qualidade, fintando o bloqueio adversário várias vezes e possibilitando ataques com rede livre para a Seleção. Ainda assim, a defesa japonesa foi extremamente eficiente e não facilitou para o Brasil. Sem muita vantagem até o final, o set acabou no 28º ponto brasileiro.

A terceira parcial foi melhor para o Japão. Desde o início, as asiáticas ficaram à frente e chegaram a abrir uma margem de cinco pontos. A Seleção foi atrás, mas na reta final as japonesas acertaram dois aces e fecharam o set.

No final da partida, o bloqueio brasileiro funcionou com frequência. Atacando por toda quadra, a Seleção abriu grande vantagem logo de cara. Júlia Bergmann foi eficiente em quase todas as bolas que recebeu e, junto com Macris, se destacou na criação de pontos para o Brasil. Com 12 pontos a mais que as japonesas, a equipe comandada por Zé Roberto fechou a partida e garantiu a vaga na próxima fase.

A Seleção Brasileira aguarda o resultado do confronto entre Estados Unidos e Sérvia para descobrir sua adversária na semifinal, que será disputada neste sábado.

Compartilhe