Cruzeiro: Marcelo Moreno entra na mira do Colo Colo, diz imprensa do Chile

Atacante celeste não participou do último jogo e está fora da relação dos convocados para o duelo contra o Vila Nova-GO

22/07/2021 08:23 / atualizado em 22/07/2021 08:40
compartilhe
Marcelo Moreno voltou a ganhar chances com Mozart
foto: Gustavo Aleixo / Cruzeiro

Marcelo Moreno voltou a ganhar chances com Mozart



O nome do atacante Marcelo Moreno, do Cruzeiro, ganhou força nos bastidores do Colo Colo, noticia a imprensa chilena. A equipe de Santiago acabou de fazer um acordo e liberou o centroavante Nicolás Blandi, que deve acertar com o Unión, da Argentina. Assim, o time de Gustavo Quinteros busca um substituto no mercado.

Moreno ficou de fora da última partida do Cruzeiro - derrota para o Remo por 1 a 0, em Belém-PA - e não foi relacionado para o duelo contra o Vila Nova-GO, no sábado. O clube não explicou o motivo da ausência. A Rádio Itatiaia e a TV Globo informaram que ele foi liberado para acompanhar um familiar que está com problemas de saúde.

O técnico do Colo Colo conhece bem Marcelo Moreno. Os dois trabalharam juntos quando Quinteros dirigiu a Seleção Boliviana, de 2010 a 2012. O que pesa contra a chegada do atacante é a política do time chileno, que tem evitado contratar atletas experientes. De acordo com a imprensa local, Moreno, de 34 anos, seria uma exceção em relação ao que tem pregado os dirigentes do Colo Colo.

Moreno vive grande momento com a seleção de seu país. Ele é o artilheiro das Eliminatórias para a Copa do Mundo, com cinco gols em seis jogos. No Cruzeiro, seu rendimento está longe do esperado. Em oito jogos na atual temporada, marcou três gols. No ano passado, participou de 32 partidas e balançou as redes três vezes.

No início da temporada, ainda sob o comando de Felipe Conceição, o boliviano era reserva do time. Com Mozart, o atacante participou de três jogos e marcou dois gols, ambos contra o Botafogo, no empate por 3 a 3, no Engenhão, no último dia 10.

Em entrevista no dia 13, Moreno disse que se sente valorizado no Cruzeiro. "Nosso treinador (Mozart) está transmitindo confiança para os jogadores que têm uma história dentro do Cruzeiro. Eu me sinto valorizado. O Ariel Cabral, o Fábio, o Henrique, que têm uma história legal no clube e que permaneceram. Isso ninguém pode esquecer", lembrou Moreno à ESPN Brasil. 
Compartilhe