Mauro critica escolha de Cuca no Galo e derrota na Conmebol: 'Ficou feio'

Comentarista não poupou o Atlético após tentativa de anular o jogo da Libertadores

06/10/2021 09:17 / atualizado em 06/10/2021 09:44
compartilhe
Mauro Cezar Pereira disse que a Conmebol acertou na decisão
foto: Reprodução

Mauro Cezar Pereira disse que a Conmebol acertou na decisão


O comentarista Mauro Cezar Pereira criticou, em vídeo no seu canal do Youtube , a decisão do  Atlético  de recorrer à Conmebol para tentar anular o gol marcado pelo atacante Dudu e garantir o resultado de 1 a 0 para o time mineiro ou repetir a partida contra o  Palmeiras , pela semifinal da  Copa Libertadores , no Mineirão. 

O presidente da Comissão Disciplinar da Conmebol, Eduardo Gross Brown, julgou improcedentes os pedidos do Galo, que ainda pode recorrer à  Comissão de Apelação da Conmebol.



"Pela letra fria da regra, o gol não poderia valer. Mas, convenhamos, o mínimo de bom senso, a invasão do Deyverson até mereceria uma punição pela atitude inadequada, que gerou esta pequena polêmica. Mas ele não interferiu em nada para você mudar os rumos de uma semifinal de um torneio de tamanha importância porque o cara estava dentro do campo. Seria falta de bom senso. E a Conmebol age corretamente", disse o comentarista.

"O Atlético com isso só se expôs, na verdade. Talvez os dirigentes tenham tomado esta medida de recorrer à Conmebol para dar uma satisfação ao seu torcedor. Mas, convenhamos, ficou feio, porque perdeu a vaga no campo - não perdeu o jogo", completou.

Times de futebol de narradores, apresentadores e comentaristas de TV


Críticas a Cuca


O comentarista ainda criticou a escolha de Cuca no fim do jogo, que colocou o zagueiro Réver para ser centroavante do time. "A grande sacada do Cuca foi Réver de centroavante, pelo amor de Deus. Com tantos reforços contratados pelos apoiadores para o seu elenco e, no final, ele coloca um zagueiro como centroavante que não tocou na bola, correu de lá para cá, time desarticulado no fim do jogo, embora houvesse tempo para o segundo gol, mas o Atlético não mais ameaçou". 

Compartilhe