Torcedor do Flamengo, Eduardo Cunha prevê finais e provoca o Atlético

Político deixou a prisão após decisão da Justiça, em abril deste ano

16/09/2021 13:00 / atualizado em 16/09/2021 13:52
compartilhe
Cunha foi o protagonista do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT)
foto: Agência Brasil / Divulgação

Cunha foi o protagonista do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT)

Torcedor do Flamengo, o ex-deputado federal Eduardo Cunha (MDB) está confiante no seu time do coração. O ex-presidente da Câmara dos Deputados aposta que o Rubro-Negro fará finais contra o Atlético e vencerá todas elas.

Galo e Mengão estão nas semifinais da Copa do Brasil e da Copa Libertadores da América. Os dois times também lutam pela taça do Campeonato Brasileiro, competição que é disputada no sistema de pontos corridos. Dessa forma, os times podem protagonizar duas decisões.

"Vamos agora à semifinal da Copa do Brasil. Será tranquilamente uma das três finais que teremos contra o Galo. Vamos vencer as três", disse o político, que deixou a cadeia após ter a prisão revogada, em abril deste ano.

A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região revogou, no dia 28 de abril, a prisão do ex-deputado federal. 

Cunha foi condenado a 15 anos e 11 meses de reclusão pelos crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro na operação Lava Jato no Paraná. 

No periodo em que ficou preso, Cunha escreveu um livro chamado "Tchau Querida", no qual conta os bastidores do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).  

Cunha foi um dos maiores articuladores políticos da queda de Dilma, ao aceitar a tramitação do pedido de impeachment na Câmara.

Times de futebol de narradores, apresentadores e comentaristas de TV



Compartilhe