Atlético

ATLÉTICO

Cuca cita quase reviravolta do Flu como exemplo para Atlético na semifinal

Galo abriu grande vantagem na Copa do Brasil ao vencer jogo de ida contra o Fortaleza por 4 a 0 no Mineirão e agora decide vaga fora de casa

postado em 25/10/2021 04:00 / atualizado em 25/10/2021 08:12

(Foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)

A vantagem é muito grande, mas Cuca prega respeito. Após a vitória por 4 a 0 sobre o Fortaleza, no Mineirão, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, o Atlético vai ao Castelão para assegurar a vaga na decisão. Apesar da goleada, o treinador quer foco total para evitar reviravoltas. Para isso, utiliza como exemplo uma final da qual participou em 2009, quando dirigia o Fluminense.

Naquele ano, o Tricolor conseguiu uma das arrancadas mais emblemáticas da história dos pontos corridos para sair da última colocação e, quando poucos acreditavam, evitar o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. Entre um jogo e outro da competição nacional, o time avançava na Copa Sul-Americana. E chegou à final diante da LDU, do Equador.

"Eu tenho muito cuidado com as coisas, sabe? Sinceramente, eu tenho muito respeito a esse tipo de jogo. Você venceu aqui de 4 a 0... Vou citar um exemplo. Uma vez, pelo Fluminense, eu tomei 5 a 1 da LDU lá em Quito", iniciou o treinador atleticano. Cuca, então, confidenciou que pensou em poupar jogadores na partida de volta da final e preservá-los fisicamente para um jogo decisivo contra o Coritiba pela última rodada do Brasileiro. Mas mudou de ideia.

"Quando foi o jogo de volta, tinham vendido todos os 75 mil ingressos para o Maracanã. Eu me lembro de conversar com a diretoria: ‘E agora, gente? Ponho o time titular ou guardamos para domingo, na 'final' com o Coxa, porque quem perder vai cair?’. E se dividiram. ‘Cuca, acho que não vamos fazer quatro…’. E o campo lotou: 75 mil, estava garoando, fizeram a rua de fogo", prosseguiu o treinador.

"Eu falei: ‘Cara, nós vamos ganhar isso aqui’. Fomos para o jogo e não ganhamos o título por um gol. O Fred foi expulso, eu me lembro. Foi 3 a 0. Vocês vão lembrar desse jogo. Nós cansamos um pouco o time, fomos para Curitiba e conseguimos o empate (1 a 1), aquela salvação. Eu trago isso como exemplo e vou levar isso como exemplo para o resto da vida", relembrou.

Cuca também mencionou a vitória do Fortaleza por 3 a 0 sobre o Athletico-PR, nesse sábado, pelo Brasileiro. O comandante alvinegro, porém, não detalhou se poupará jogadores contra o Fortaleza. No fim de semana seguinte, o Atlético visita o Flamengo, no Maracanã, em duelo decisivo na disputa pelo título brasileiro.

"Tem que tomar muito cuidado com o jogo de quarta-feira, entrar com os dois olhos bem abertos e entrar com a disposição igual ao adversário, que tem um grande time. Venceu por 3 a 0 o Athletico-PR, com sete minutos já tinha feito 2 a 0. A gente tem que ter o maior respeito por esse tipo de jogo", disse Cuca.

Atlético e Fortaleza decidem vaga na final da Copa do Brasil nesta quarta-feira, a partir das 21h30, no Castelão. O Galo pode até perder por três gols de diferença que, ainda assim, vai à final. No sábado, às 19h, a bola rola para o duelo contra o Flamengo, pela 29ª rodada do Brasileirão.

Tags: galo destaque atleticomg interiormg futnacional seriea fortalezace