Basquete

NBA

Com 72 jogos para cada time, temporada 2020/2021 da NBA começa em 22 de dezembro

Número de partidas e período de ''offseason' são reduzidos

postado em 10/11/2020 09:21

(Foto: Reprodução/NBA)
A direção da NBA bateu o martelo e anunciou na noite de segunda-feira que a temporada 2020/2021 começará no dia 22 de dezembro. A data foi a preferida da direção para aproveitar a audiência da TV no Natal. Os jogadores preferiam que o início do campeonato fosse apenas em janeiro para dar maior tempo de férias às equipes, uma vez que a temporada passada acabou apenas em outubro.

Com a definição, serão apenas 71 dias de "offseason" (período sem jogos) entre as temporadas 2019/2020 e 2020/2021, a mais curta da história entre todas as quatro grandes ligas dos esportes americanos, superando a da NHL (hóquei no gelo) entre 2012/2013 e 2013/2014, que teve 99 dias.

Também foi aprovado e divulgado que o calendário será reduzido de 82 para 72 jogos para cada time. Por isso, para diminuir a quantidade de deslocamentos pelo país, a NBA considera a possibilidade de jogar uma série entre as equipes, assim como na MLB (liga de beisebol). Essa opção, porém, ainda não está concretizada e a tabela será anunciada nos próximos dias.

A maioria das cidades com times da NBA ainda não pode ter encontros públicos com mais de 500 pessoas por conta da pandemia do novo coronavírus. A liga planeja começar a temporada sem torcedores nos ginásios, tendo como previsão a manutenção de ausência deles até o final da temporada, já que há a possibilidade de uma segunda onda da covid-19 se espalhar pelo país.

O Draft da NBA tem como previsão ser realizado no próximo dia 18 Já o período de "free agency", no qual os jogadores podem se transferir para outros times, começará quatro dias depois. A pré-temporada, com os "training camps", terá início em 1.º de dezembro.

O astro LeBron James, do campeão Los Angeles Lakers, lamentou o tamanho da "offseason", pois esperava um pouco mais de tempo de descanso depois de ganhar seu quarto título da NBA. Em um post no Instagram, usou um emoji para indicar a sua insatisfação.