UAI

2

Minas perde para o Biguá no Uruguai e sofre primeira derrota na Champions

Em casa, na Antel Arena, em Montevidéu, Biguá venceu os minas-tenistas por 96 a 91

02/02/2022 21:09 / atualizado em 02/02/2022 21:13
compartilhe
Minas, do ala Gui Deodato, agora tem a mesma campanha do Biguá na Champions
foto: Divulgação/FIBA

Minas, do ala Gui Deodato, agora tem a mesma campanha do Biguá na Champions

Após quatro jogos, o Minas sofreu a primeira derrota na Champions League de basquete. Na Antel Arena, em Montevidéu, no Uruguai, os minas-tenistas foram batidos pelo Biguá, dono da casa, por 96 a 91, pela segunda e penúltima semana do Grupo C do torneio.

Com o resultado, Minas e Biguá, já classificados para as quartas de final da Champions, ficam com campanhas iguais: três vitórias e uma derrota. O terceiro colocado é o Obras Sanitarias, da Argentina, com quatro derrotas.

O Minas volta à quadra no domingo, às 18h. Os minas-tenistas mudam a chave e enfrentam o Pato, no ginásio do Sesi, em Pato Branco, no Paraná, pelo NBB. Cenário semelhante viverá o Biguá, que no sábado duela em casa com o Nacional, pelo Campeonato Uruguaio.

O jogo


O Biguá começou melhor a partida em seus domínios. O Minas conseguiu melhorar na partida a partir da rotação do time e igualou o placar duas vezes no primeiro quarto, mas os uruguaios venceram o quarto inicial por 23 a 21.

O segundo quarto, contudo, foi melhor para o Biguá. O time envolveu o Minas, que não conseguia se destacar no setor ofensivo e tinha uma defesa facilmente batida pelos uruguaios. O time da casa, dominante e diante de um Minas atordoado, foi ao intervalo vencendo por 55 a 38, com 17 pontos à frente.

O Minas demorou para engrenar no terceiro quarto, viu a vantagem dos uruguaios se estender para 19 pontos, mas voltou a se portar bem na partida, com bom jogo coletivo e também boas ações do ala-armador estadunidense Shaquille Johnson Sr. Os dez minutos finais começaram com 76 a 63.

A reação do Minas veio no último período de jogo. O time visitante cortou a vantagem uruguaia para três pontos, mas com inspiração em dia da dupla estadunidense Donald Sims e Victor Rudd, armador e ala-pivô do Biguá, os mandantes conseguiram retomar o controle da partida e fechar a vitória em 96 a 91.

Biguá 96 x 91 Minas

Biguá
Donald Sims, Ivan Loriente, Martín Rojas, Victor Rudd e Luis Santos; Diego Garcia, Alex Lopez, Hernán Plaz e Nicolas Andreoli. Técnico: Diego Cal.

Minas
Alexey Borges, Gui Santos, Gui Deodato, Renan Lenz e Tavario Miller; Shaquille Johnson Sr., Maique, Felipe Queirós e Facundo Corvalán. Técnico: Leo Costa. Desfalque: Darington Hobson (aguarda documentação)

Motivo: segunda semana do Grupo C da Champions League Americas

Destaques do jogo


Biguá

Victor Rudd: 25 pontos, 8 rebotes e 6 assistências

Donald Sims: 24 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

Luis Santos: 12 pontos. 6 rebotes e 1 assistência
 
Minas

Shaquille Johnson Sr.: 22 pontos, 3 rebotes  e 4 assistências

Gui Santos: 14 pontos, 7 rebotes e 3 assistências

Gui Deodato: 9 pontos, 5 rebotes e 2 assistências

Local: Antel Arena, em Montevidéu, Uruguai

Data e horário: quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022, às 19h

Arbitragem: Júlio Cesar Anaya Freile (Panamá), Johnny Batista Palermo (Porto Rico) e Franco Ronconi (Argentina).
 
Transmissão: ESPN 2

Compartilhe