BOLADAS E BOTINADAS

Lamentável

"A queda do Oswaldo de Oliveira não se deu pelo entrevero após o jogo no Acre"

postado em 10/02/2018 12:00 / atualizado em 10/02/2018 09:21

Bem, isso de proibir a presença de repórter deixa a impressão de que faltam argumentos diante dos seus questionamentos. É coisa que não combina com os tempos modernos. Mas a verdade é que a queda do Oswaldo de Oliveira não se deu pelo entrevero após o jogo no Acre. O que podemos observar é que o time atleticano, que já derrubou vários treinadores, segue com seu futebol medíocre e sem objetivo, como se estivesse fazendo um favor ao torcedor, como se estivesse jogando muito bem. É bom lembrar que os treinadores caem, mas os chamados líderes do elenco seguem, inclusive tentando convencer a massa, dizendo que o time fez um bom jogo, mesmo quando se comporta de forma sofrível. Vejam quanto o clube gastou com dispensa e contratação de treinador nos últimos tempos, uma grana respeitável. 

E AGORA?


Falam em Cuca. Muito bem, ele tem uma história interessante no clube. Mas é bom lembrar que ele foi campeão da Libertadores com um time que contava com Tardelli, Bernard, Ronaldinho Gaúcho, Réver, Richarlyson, Josué, Pierre, Leandro Donizete, Jô e Alecsandro e outros. Tecnicamente, um grupo muito superior ao que o Galo possui hoje. Investir num treinador caro para ficar no meio da tabela ou para seguir dando vexame será mais um prejuízo absurdo. Além disso, caso o Cuca seja contratado, irá se reencontrar com alguns jogadores com os quais não conseguiu fazer o Palmeiras jogar. 

ERROS


Não é difícil perceber que o Atlético não tem sistema de jogo, que não conta com um jogador de boa marcação à frente da zaga. Há sempre uma avenida aberta. Jogar com Arouca e Elias no meio-campo significa dizer que só o primeiro tentará marcar. A bem da verdade, o Atlético peca ao rezar pela cartilha dos  românticos, que exigem que o cabeça de área tenha bom toque de bola, saiba fintar e fazer firulas. Era assim o Rafael Carioca, que jogava bonitinho mas não era eficiente no desarme. E para completar o quadro, o Atlético resolveu investir em jogadores que não deram certo em outros clubes, principalmente no Palmeiras. Haja paciência.

DESCULPAS


Foi patética a declaração do Oswaldo de Oliveira quando disse que o Atlético teve problema com o fuso horário. Ora, só faltou reclamar da altitude do Horto. Afinal, no Independência o time tem jogado muito mal. Isso de deixar que as lideranças do elenco ajeitem as coisas dentro de campo não funciona. O comando tem que ser do treinador. 

FUTURO


Já posso imaginar o próximo treinador do Atlético apostando na recuperação do melhor futebol do Cazares, escalando sempre Leonardo Silva e Gabriel, sem a melhor cobertura, deixando o Elias jogar da maneira que bem entender... Para depois de uma partida ridícula, tentar culpar algum repórter. 

TUDO AZUL


Segue o Cruzeiro fazendo o certo, mudando algumas peças, dando um descanso para outras, sem inventar aquela babozeira de time B. Mano Menezes roda o time sem deixar que ele perca o entrrosamento, sem deixar que ele perca a competitividade.

Tags: atleticomg mineiro2018 seriea nacional sonsalvador