BOLADAS E BOTINADAS

Dureza!

postado em 06/11/2018 11:00 / atualizado em 06/11/2018 08:57


O Atlético estacionou nos 46 pontos e parece ter perdido a chave do carro. Não consegue se mexer. E agora há jogador dizendo que a troca de treinadores prejudicou o trabalho. Mas os treinadores caíram porque o elenco não ajudou. Por que será que em outros clubes a troca do técnico dá bons resultados, e só na Cidade do Galo as coisas não funcionam? Na verdade, o Atlético entra em campo com alguns jogadores se julgando craques, quando na verdade são tecnicamente medianos. Já passou da hora de esse grupo de atletas assumir que é o principal culpado. Claro, o Galo de hoje é o resultado de gestões anteriores. Mas a verdade é que há 10 anos o grupo que comanda o clube é mesmo. Então, as dificuldades não eram desconhecidas.

O DRAMA
Já vi jogadores limitados tecnicamente mostrando um futebol competitivo com a camisa atleticana. Hoje isso não ocorre. Estão buscando atletas que usam o clube como vitrine. Alguns chegam até jogando um futebol razoável. Mas, aos poucos, vão perdendo o ritmo. São contaminados pela mania de dar toques para trás, pela falta de gana na disputa pela bola e pela falta de coragem de atacar o adversário. O centroavante acaba sendo uma figura pálida e abandonada dentro da área. Levir Culpi precisa acordar, precisa descobrir que não está mais no Japão, precisa colocar em campo, independentemente da fama, quem estiver com gana de vencer.

E AGORA?
O atleticano tem se desdobrado. Além de tentar incentivar o seu time, tem de torcer contra o Santos, contra o Atlético Paranaense, contra Cruzeiro, Fluminense... O próximo adversário será o líder, Palmeiras. Com aquela bola que mostrou contra o Grêmio, o Galo vai acabar recebendo o título de “uso capião” dos 46 pontos...

DESCENDO A LADEIRA...
Lá vai o América em queda livre. Por mais que o treinador tente empurrar o time, por mais que ele sue a camisa, não consegue fazer o Coelhão recuperar seu melhor futebol. Se a permanência na Série A do Brasileirão parecia certa, hoje o torcedor já começa a fazer as contas em busca de uma certa esperança.

FOI PÊNALTI
O Cruzeiro tem um time bem melhor que o do América, pode estar ainda sob efeito da festa pelo título da Copa do Brasil, mas dispõe de excelente grupo de jogadores. Portanto, não precisava de um erro de arbitragem para vencer o América. Porém, a vitória não veio apenas em decorrência da pisada na bola do árbitro. O primeiro gol do Cruzeiro pode ter sido bonito, mas a marcação parece não ter acreditado na possibilidade da finalização perfeita do Arrascaeta.

SEMPRE ASSIM
Uma coisa que vem ocorrendo com o time do Cruzeiro é aquela mania de alguns jogadores de acharem que a conquista de um título é o bastante para o fechamento dos trabalhos no ano. É bom lembrar que uma classificação melhor na tabela significa uma premiação melhor, e convenhamos, o time do Mano Menezes tem, caso leve a sério, futebol para conquistar um bom número de pontos. Só não pode é pensar que o ano acabou.

AO CONTRÁRIO
Alguns nomes são citados como prováveis reforços para o Cruzeiro. Os dirigentes negam possíveis negociações. Mas quando eles negam é sinal de que onde há fumaça há fogo. De todo jeito, fica a preocupação do torcedor, que sonha com a chegada de reforços mas que não quer ver o clube abrindo mão de suas principais figuras.

NÃO FOI PÊNALTI
O Internacional de Porto Alegre vinha botando a boca no trombone reclamando das arbitragens. Após os tropeços, a falação era a mesma: o clube se julgava sempre prejudicado. Desta vez, o árbitro Rodrigo D’alonso Ferreira marcou um pênalti graças ao auxílio luxuoso do árbitro que estava atrás do gol. Os paranaenses reclamaram, mas de nada adiantou. Bola na marca e D’alessandro converteu. A turma do Furacão saiu dizendo que a tabelinha entre D’alonsso e D’alessandro tabelou contra.

PERIGO
Jair Ventura surgiu no Botafogo fazendo um belo trabalho. Ali ele conhecia todo mundo, do porteiro ao presidente. No entanto, não tem sido feliz em outros clubes. Precisa amadurecer, evitar certas barcas furadas. O Corinthians de hoje é uma delas.

Tags: atleticomg americamg cruzeiroec