Macris, do Minas, faz tratamento intensivo após lesão em jogo do Brasil

Levantadora passou última madrugada no Japão na fisioterapia

29/07/2021 20:31 / atualizado em 29/07/2021 21:07
compartilhe
Macris está em tratamento intensivo no tornozelo direito e é acompanhada pelo fisioterapeuta da CBV
foto: Reprodução/Instagram/CBV

Macris está em tratamento intensivo no tornozelo direito e é acompanhada pelo fisioterapeuta da CBV

Depois de assustar jogadoras e comissão técnica da Seleção Feminina na vitória sobre o Japão, por 3 a 0, pela terceira rodada do torneio de vôlei nos Jogos Olímpicos de Tóquio, a levantora Macris iniciou tratamento intensivo no tornozelo esquerdo. A atleta minas-tenista passou a madrugada inteira ao lado do fisioterapeuta da CBV, Fernando Fernandes, para agilizar o processo de recuperação da entorse sofrida no local. 

Macris, de 32 anos, teve a lesão no terceiro set, quando o Japão vencia por 13 a 11. Ela torceu o tornozelo depois de saltar para bloquear ataque e, com muita dor, deixou a quadra em uma cadeira de rodas, com o local já em repouso. A cena assustou as jogadoras, que, com a experiente Roberta no lugar da titular, fecharam a partida em 3 sets a 0 diante das japonesas. 

A CBV postou uma imagem de Macris ao lado do fisioterapeuta e divulgou que a levantadora reagiu bem à primeira fase de tratamento. Ela ainda foi submetida a exame de ressonância magnética para avaliar melhor a lesão. "Está amanhecendo o dia em Tóquio e a Macris e o fisioterapeuta Fernando Fernandes ainda estão em tratamento! E as notícias são boas: segundo o Fernandinho, a nossa fada vegana reagiu bem as primeiras horas pós entorse!", escreveu a entidade.

Macris deixou a quadra em cadeira de rodas no terceiro set da vitória brasileira
foto: ANGELA WEISS / AFP

Macris deixou a quadra em cadeira de rodas no terceiro set da vitória brasileira



Com três vitórias, o Brasil tem rendimento de 100% no Grupo A da Olimpíada, mas está um ponto atrás da Sérvia, que lidera com nove (também 100% no torneio). A diferença é que as sérvias ganharam três vezes em sets diretos, enquanto as brasileiras precisaram do tie-break para bater a República Dominicana, o que garante dois pontos ao vencedor. 

Brasil e Sérvia se enfrentam em confronto direto pela liderança, neste sábado, às 04h25 (horário brasileiro), na Ariake Arena. Pelo regulamento, os quatro primeiros de cada grupo avançam para as quartas de final. Enquanto as brasileiras foram vice-campeãs da Liga das Nações deste ano - os EUA conquistaram o título -, as sérvias ganharam o Campeonato Europeu e ficaram com a prata nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.  




Compartilhe