Procópio Cardozo detona gestão do Cruzeiro: 'Nível Série D'

Com passagens como jogador e técnico do clube, ex-zagueiro de 82 anos disse que 'não sabe o que acontece no departamento de futebol' da Raposa

20/07/2021 16:00 / atualizado em 20/07/2021 12:26
compartilhe
Procópio foi campeão da Taça Brasil de 1966 com o Cruzeiro
foto: Jair Amaral/EM/D.A Press

Procópio foi campeão da Taça Brasil de 1966 com o Cruzeiro

Procópio Cardozo usou suas redes sociais nessa segunda-feira para fazer fortes críticas à atual diretoria do Cruzeiro. O ex-zagueiro da Raposa, que também dirigiu a equipe como técnico, detonou a atual gestão do clube

Atualmente na Série B do Campeonato Brasileiro amargando o 16º lugar e com dívidas que chegam perto de R$ 1 bilhão, a Raposa vive seu pior momento na história. Em seu perfil no Twitter, Procópio afirmou que a gestão do clube é 'nível Série D'. 

"A gente não sabe o que acontece no departamento de futebol do Cruzeiro. Toda hora uma surpresa. Vendo de fora parece gestão nível Série D. O Cruzeiro precisa de uma chacoalhada. Não pode continuar como está", publicou.
 
 

Procópio tem 82 anos e frequentemente opina sobre Atlético e Cruzeiro em suas redes sociais. Como jogador, foram 131 jogos pela Raposa e seis gols marcados. Ele foi campeão da Taça Brasil de 1966 e hexacampeão mineiro em 1959, 60, 61, 67, 68 e 73. 

Procópio encerrou a carreira no Cruzeiro em 1974 sendo vice-campeão brasileiro diante do Vasco. Ele dirigiu o clube em 1978, 1981 e 1986. Como técnico do clube, foram 42 partidas, 23 vitórias, nove empates e 10 derrotas. 

O Cruzeiro tenta diminuir a crise na partida contra o Remo, às 19h desta terça-feira, no estádio Baenão, em Belém-PA, pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Procópio também projetou a partida e ressaltou a dificuldade de se enfrentar o Leão no Pará.

"O Remo sempre foi perigoso no Pará. E na atual situação tudo fica ainda mais difícil para o Cruzeiro. Um cão danado todos a ele", disse. 


Compartilhe