América

AMÉRICA

Lisca decreta: Ademir está definitivamente integrado ao América

Técnico conta com atacante, a não ser em caso de negociação

postado em 18/04/2021 10:02

(Foto: Marina Almeida/América)

Alvo do Palmeiras, em negociação que chegou a ficar perto de ser concluída e que depois 'esfriou', o atacante Ademir voltou a ser aproveitado pelo técnico Lisca no América. Ele ficou no banco de reservas na vitória do Coelho sobre o Coimbra, por 2 a 0, no Independência, pelo Campeonato Mineiro, e entrou na etapa final, no lugar de Bruno Nazário. 

Depois da partida, na coletiva, Lisca disse que, como a negociação ainda está incerta, Ademir continua nos planos para a sequência da temporada. O treinador garantiu que vai utilizar o jogador nos próximos compromissos e que o atacante está reintegrado ao trabalho diário com os companheiros. 

"O Ademir está retornando. Parece que o clube decidiu com ele e o empresário dele uma sequência de trabalho aqui. Se acontecer alguma situação, tem que ser boa para o clube, ele e o comprador, tem que ser boa para todo mundo. Mas nesse momento a nossa ideia é retomar o Ademir, a produção dele, para que ele possa jogar tão bem quanto no ano passado", disse o comandante.



Depois do jogo, o próprio Ademir concedeu entrevista na saída do gramado e disse que o foco está voltado para a sequência de trabalho no América. "A minha cabeça está boa, tranquila. Fico feliz por saber que estou no caminho certo, mas meu foco é no América. Estou focado aqui, em ajudar o clube. Sou muito grato ao clube, à torcida, a todos que me apoiaram desde que eu cheguei. Meu foco é aqui e estou muito feliz de estar aqui", disse, em entrevista aos canais Premiere SporTV.

Lisca ressaltou que Ademir nunca esteve fora dos planos da comissão técnica ou do clube. Mesmo depois do caso ocorrido no dia da partida contra o Treze, em Campina Grande, na Paraíba, pela Copa do Brasil, em 17 de março, quando ele não foi para o estádio com a delegação, alegando falta de foco para entrar em campo diante de uma eventual negociação, e permaneceu no hotel. Irritado, o presidente Alencar da Silveira Júnior classificou a atitude do atacante como 'molecagem', fato que causou desconforto entre as partes.  

Lisca, no entanto, disse que Ademir é uma peça que não pode ser deixada de lado. Nem mesmo o fato de o clube ter buscado outras opções no mercado para a posição, como o meia-atacante Bruno Nazário, que vem se firmando na equipe. "Nós nunca tiramos o Ademir do nosso planejamento, a não ser que ele fosse negociado", reiterou o técnico.

"É um menino de ouro, que tem muito caráter e é importante no nosso trabalho. Ele ficou no banco, a vinda do Bruno foi em cima de uma possível saída do Ademir, assim como a do Leandro (Carvalho, atacante). A partir de agora ele está definitivamente reintegrado ao nosso grupo e pronto para jogar as partidas", reforçou o comandante. 

Tags: atacante palmeiras américa coelho negociação ademir interiormg lisca