UAI


Nos pênaltis, América perde para o Criciúma e é eliminado da Copa do Brasil

Coelho buscou empate duas vezes em Santa Catarina, mas perdeu nas penalidades

09/06/2021 23:46 / atualizado em 10/06/2021 03:12
compartilhe
América perdeu nas penalidades para o Criciúma
foto: Celso Lúcio/Criciúma

América perdeu nas penalidades para o Criciúma


Em jogo emocionante, o América empatou em 2 a 2 com o Criciúma nesta quarta-feira (9), no Estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina. Nos pênaltis, o time mineiro perdeu por 3 a 2 e foi eliminado na terceira fase da Copa do Brasil.

O próximo compromisso do América, contra o Flamengo, será no domingo (13), às 16h, no Maracanã, no Rio de Janeiro. O duelo é válido pela 3ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Fotos de Criciúma x América pela Copa do Brasil


O jogo


A partida teve um início equilibrado. O América se postava num 4-4-2, com Ademir e Gustavo abertos, e Juninho e Alê por dentro. Bruno Nazário funcionava como um segundo atacante, enquanto Ribamar exercia a função de referência, mais avançado.

A equipe de Lisca, no entanto, não se encontrava no duelo, especialmente quando tinha a posse. Eram muitas as dificuldades para progredir em campo e vários passes errados. No entanto, também não cedia oportunidades claras graças aos erros do Criciúma quando tinha a posse.

Aos 24min, a primeira chance razoável do América. Ribamar achou excelente passe cruzado rasteiro para a área, mas Ademir furou na cara do gol.

Aos 28min, após cruzamento na área, a zaga do Coelho rebateu e a bola sobrou limpa para Eduardo. Sozinho na marca do pênalti, ele teve calma e finalizou no contrapé de Matheus Cavichioli. Criciúma 1 a 0.

Após o gol, o Coelho tentou assumir as rédeas da partida, através de um maior controle da posse e do ganho territorial. Ainda assim, continuava encontrando dificuldades para penetrar na fechada defesa do Tigre. Os mandantes voltaram a ameaçar com um chute de fora da área de Dudu Figueiredo, aos 35min.

Aos 41min, após bela jogada de Ribamar pela esquerda, Alê finalizou para defesa do goleiro. Na sobra, Gustavo fez excelente cruzamento para belo voleio de Ademir, que empurrou para as redes.

Segundo tempo


O Criciúma iniciou a segunda etapa com maior ímpeto ofensivo, ameaçando principalmente a partir de faltas laterais e cruzamentos. Logo aos 5min, após cobrança de escanteio e bate-rebate na área, Marcel Scalese empurrou para as redes de Matheus Cavichioli.

Após o tento do Tigre, o América se lançou ao ataque e buscou controlar a iniciativa da partida. O confronto ganhou um tom de nervosismo por reclamações do Coelho, iniciadas no lance do gol da equipe catarinense por suposto toque de mão na área.

Lisca promoveu a entrada do meia Ramon na vaga do lateral-esquerdo João Paulo, com intuito de conferir maior ofensividade pelo lado do campo.

Aos 26min, após linda jogada de Bruno Nazário pela esquerda, o meia cruzou rasteiro. Ademir apareceu novamente na área e desviou para o fundo das redes do Tigre. Ótimo contra-ataque do América.

O gol deu confiança ao Coelho, que partiu para cima e tomou iniciativa para a virada. A equipe mineira, no entanto, cedia espaços perigosos em contra-ataques do time catarinense. Ademir obrigou boa defesa de Gustavo em cobrança de falta.

Aos 37min, Leandro Carvalho e Rodolfo entraram nas vagas de Gustavo e Ribamar. Nos últimos minutos, o Criciúma gastava o tempo e tentava controlar o ímpeto do América para a virada. Aos 45min, Geovane e Yan Sasse foram a campo nos lugares de Diego Ferreira e Ademir.
 

Disputa de pênaltis

 
Nas penalidades, Bruno Nazário abriu cobrando bem, no canto direito. Jessé cobrou no ângulo e igualou para o Criciúma. Na sequência, Gustavo defendeu cobrança de Eduardo Bauermann. Em seguida, Cavichioli defendeu pênalti de Dudu Figueiredo e manteve o placar igualado.
 
Gustavo voltou a fazer defesa em cobrança de Leandro Carvalho. Helder isolou para o Criciúma. Em cobrança forte de Geovane, Gustavo fez sua terceira defesa na disputa. Marcel Scalese converteu e colocou o Tigre na frente. Yan Sasse também converteu e empatou para o América.
 
PH marcou o gol que decidiu a disputa. 

CRICIÚMA (3) 2x2 (2) AMÉRICA

 
Criciúma
Gustavo; Claudinho (Moacir), Rodrigo, Marcel Scalese e Helder; Dudu Vieira (Jessé), Arilson, Eduardo (João Carlos) e Dudu Figueiredo; Hygor (Gabriel Henrique) e Uilliam Barros (PH). 
Técnico: Paulo Baier
 
América
Matheus Cavichioli; Diego Ferreira (Geovane), Eduardo Bauermann, Anderson e João Paulo (Ramon); Alê e Juninho e Gustavo (Leandro Carvalho); Ademir (Yan Sasse), Bruno Nazário e Ribamar (Rodolfo).
Técnico: Lisca
 
Motivo: jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil
Data: quarta-feira, 9 de junho de 2021
Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
Gols: Eduardo e Marcel Scalese (Criciúma); 2x Ademir (América)
Cartões amarelos: Uilliam Barros, Helder e Gustavo (Criciúma); Bruno Nazário (América)

Compartilhe