UAI

2

Pressionado, América busca 1ª vitória na Série A diante do Internacional

Coelho é o vice-lanterna do Brasileirão e não vence há dez jogos; torcida realizou protesto na manhã deste sábado (26)

27/06/2021 06:00 / atualizado em 26/06/2021 19:53
compartilhe
Técnico Vagner Mancini busca dar fôlego ao América na luta contra o rebaixamento
foto: João Zebral/América

Técnico Vagner Mancini busca dar fôlego ao América na luta contra o rebaixamento


Pressionado, o América recebe o Internacional às 20h30 deste domingo (27), em partida válida pela 7ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O Coelho quer espantar o mau momento e, no Independência, em Belo Horizonte, irá em busca da sua 1ª vitória na competição.

O América chega para o embate em uma fase conturbada. Sem vencer há dez jogos, o clube mineiro teve um início muito ruim no Brasileirão, com quatro derrotas e dois empates. Neste sábado (26), a torcida americana realizou um protesto no CT Lanna Drumond, em Belo Horizonte, cobrando a equipe por melhores resultados.

Outro obstáculo que a equipe de Vagner Mancini precisa superar, além da pressão por desempenho, é a baixa produtividade ofensiva. O Coelho marcou apenas dois gols na Série A - pior ataque da competição - e, em seus últimos dez jogos, balançou as redes somente quatro vezes.

Treinos do América no CT Lanna Drumond - 25 e 26/06


Momento do rival


O Internacional busca uma retomada de confiança após troca no comando técnico. Em 11 de junho, depois de eliminação para o Vitória na Copa do Brasil, o Colorado demitiu o espanhol Miguel Ángel Ramírez, adepto à filosofia do Jogo de Posição. Em seu lugar, a diretoria contratou o uruguaio Diego Aguirre, identificado com o clube e ligado a uma ideia de jogo mais reativa e conservadora.

A reta final do trabalho de Ramírez criou um ambiente de enorme pressão no Inter. Mesmo com a classificação na liderança do Grupo B da Libertadores, a equipe demonstrava dificuldades para assimilar o modelo do treinador espanhol. O momento se tornou conturbado com a perda do Campeonato Gaúcho para o rival Grêmio, a goleada sofrida por 5 a 1 para o Fortaleza na 2ª rodada do Brasileirão e a eliminação na Copa do Brasil.

Após reunião, a diretoria colorada avaliou a demissão de Ramírez como a decisão mais correta para que o clube gaúcho retomasse os trilhos na temporada. Interinamente, o auxiliar técnico Osmar Loss comandou a equipe em três jogos antes do anúncio da contratação de Aguirre - vitória sobre o Bahia por 1 a 0, derrota para o Atlético por 1 a 0 e empate com o Ceará em 1 a 1.

Nesta quinta-feira (24), na estreia do uruguaio no comando técnico, o Inter completou uma grande atuação diante da Chapecoense. Ainda que com 48% de posse de bola, lançando mão de um estilo um pouco mais reativo e conservador, a equipe gaúcha criou as melhores chances e venceu por 2 a 1 na Arena Condá, em Chapecó.

Inter superou a Chapecoense por 2 a 1 na 6ª rodada do Brasileirão
foto: Ricardo Duarte/Internacional

Inter superou a Chapecoense por 2 a 1 na 6ª rodada do Brasileirão


No duelo, o time de Aguirre finalizou 25 vezes ao gol, explorando, principalmente, as transições ofensivas em velocidade. O elenco mostrou resposta rápida à nova proposta e controlou a partida. Com o triunfo, o Inter chegou aos 8 pontos e alcançou a 13ª colocação na tabela da Série A.

Baixas e dúvidas


A tendência é que o técnico Vagner Mancini repita boa parte da formação que empatou em 1 a 1 com o Juventude na quinta-feira (24). A única baixa desta equipe é o zagueiro Ricardo Silva, que foi expulso no duelo e cumprirá suspensão automática.

Zagueiro Ricardo Silva foi expulso em duelo com o Juventude
foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press

Zagueiro Ricardo Silva foi expulso em duelo com o Juventude


Em tentativa de aumentar a produtividade do ataque, é possível que Mancini mude o esquema tático para um 4-3-3 e volte a escalar nomes como o jovem Gustavo e Bruno Nazário.

Além de Ricardo Silva, o Coelho tem outras duas ausências: o lateral-esquerdo Marlon e o atacante Ademir seguem em tratamento de lesões no departamento médico. O lateral-esquerdo João Paulo, preservado do último confronto por incômodo muscular, é dúvida.

Já o clube gaúcho tem oito baixas. O zagueiro Zé Gabriel, o lateral-esquerdo Moisés, o meia-atacante Taison, o meia Boschilia e o atacante Paolo Guerrero estão lesionados. Por outro lado, o goleiro Danilo Fernandes e o atacante Caio Vidal estão suspensos. O goleiro Marcelo Lomba se recuperou da COVID-19, mas segue como ausência.

América


Matheus Cavichioli; Eduardo, Lucas Kal (Eduardo Bauermann), Anderson e Alan Ruschel; Juninho Valoura, Zé Ricardo, Juninho e Geovane (Gustavo); Rodolfo e Ribamar (Bruno Nazário).
Técnico: Vagner Mancini

Internacional


Daniel; Saravia, Lucas Ribeiro, Víctor Cuesta e Heitor; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick, Vinícius Mello (Nonato) e Maurício; Yuri Alberto.
Técnico: Diego Aguirre

Motivo: 7ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Data e horário: domingo, 27 de junho de 2021, às 20h30
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Transmissão: SporTV (exceto para MG) e Premiere

Compartilhe