UAI


América visita o Internacional para tentar manter embalo no Brasileirão

Equipes se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, em duelo válido pela 26ª rodada

13/10/2021 07:00 / atualizado em 12/10/2021 18:06
compartilhe
América mira oitava colocação na tabela da Série A
foto: Divulgação/América

América mira oitava colocação na tabela da Série A

Embalado por uma invencibilidade de oito jogos, o América visita o Internacional às 21h30 desta quarta-feira (13), no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre-RS, pela 26ª rodada, e quer ampliar a ótima fase que vive na Série A do Campeonato Brasileiro. Neste momento, o Coelho ocupa a 10ª colocação na tabela de classificação, com 31 pontos.
Se vencer o time gaúcho, o clube mineiro chegará aos 34 pontos e pode alcançar até a oitava posição. Para isso, terá que contar com tropeços de Fluminense (9º, com 33) e Athletico-PR (8º, com 33). Eles enfrentam, respectivamente, Corinthians (fora de casa) e Chapecoense (fora de casa) nesta rodada.
 
O torcedor americano não sabe o que é perder deste o dia 23 de agosto, quando o Alviverde foi batido por 2 a 0 pelo RB Bragantino no Independência, em Belo Horizonte. De lá para cá, a equipe mineira superou Ceará, Athletico-PR e Cuiabá, todos por 2 a 0, além do Palmeiras, por 2 a 1. Além disso, empatou com Corinthians (1 a 1), São Paulo (0 a 0), Flamengo (1 a 1) e Juventude (1 a 1).
 
Assim como o América, o Internacional está em um excelente momento. O Colorado tem a segunda melhor campanha do returno, com quatro triunfos, um empate e apenas um revés (72,2% de aproveitamento) - está atrás apenas do líder Atlético neste quesito. 
 
O duelo contra o time americano tem importância crucial para a equipe gaúcha. Na sétima posição, com 36 pontos, o Inter depende de uma vitória dentro de casa para entrar no G6. Desta forma, o jogo desta quarta-feira terá 'cara' de confronto direto no Beira-Rio. 
 

Contas na Série A

 
Com o bom desempenho recente na Série A, o América conseguiu diminuir as chances de ser rebaixado à Segunda Divisão e, consequentemente, aumentou a probabilidade de conquistar uma vaga na Copa Sul-Americana da próxima temporada.

De acordo com o departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Coelho tem 48,4% de chances de disputar a competição continental. Em contrapartida, ainda segundo os cálculos da instituição, o clube alviverde tem apenas 10,5% de probabilidades de queda à Série B.
 
Nas contas dos matemáticos, uma equipe que chegar aos 53 pontos terá 99,9% de chances de jogar a Sul-Americana em 2022. Para atingir esta marca, o Coelho precisaria somar outros 22 pontos (de 39 possíveis) - algo como cinco vitórias e sete empates nos 13 jogos restantes. 
 
O time mineiro, no entanto, tem a permanência na elite do futebol nacional como principal objetivo na temporada. A 13 jogos do fim da Série A, a equipe do técnico Vagner Mancini se vê a cinco vitórias de alcançar os 45 pontos - marca considerada como garantia de manutenção na Primeira Divisão.
 

Baixas e dúvidas

 
O Internacional saiu da goleada por 5 a 2 sobre a Chapecoense, no último domingo (10), sem jogadores suspensos ou lesionados. Desta forma, o técnico Diego Aguirre terá todos os jogadores considerados titulares à sua disposição para encarar o Coelho.
 
Por sua vez, o América tem dois desfalques importantes para a partida contra o Inter. O meio-campista Alê recebeu o terceiro cartão amarelo no empate por 1 a 1 com o Juventude na 25ª rodada, no estádio Alfredo Jaconi, e está suspenso. Já o meia argentino Mauro Zárate sentiu um desconforto muscular na coxa direita e não será relacionado. Ele também foi poupado do último jogo. 
 
Quem também está fora é o atacante colombiano Orlando Berrío, que acusou um edema no joelho esquerdo e passa por tratamento. Não há prazo de retorno do atleta aos gramados. O lateral-direito Eduardo segue em recuperação de um tumor ósseo na tíbia. 
 
Entretanto, a boa notícia fica por conta da volta do lateral-direito Patric ao time titular. Suspenso pelo terceiro amarelo, o defensor desfalcou o Coelho contra o Juventude. Diego Ferreira foi o nome escolhido pelo técnico Vagner Mancini para iniciar a partida. 
 
Acostumado a atuar em um 4-4-2 na temporada, o América jogou no 4-3-3, com Ademir e Azevedo abertos, e Ribamar como centroavante. Se quiser voltar à formação original, Mancini pode simplesmente voltar com Fabrício Daniel ao time titular no lugar do suspenso Alê.
 
Este último pode, ainda, fazer o papel de Ribamar ou Felipe Azevedo. Marcelo Toscano corre por fora, mas sua utilização é pouco provável. A escalação de qualquer outro atacante do Coelho seria considerada novidade. 
 

INTERNACIONAL X AMÉRICA

 
Internacional
 
Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso, Maurício, Taison e Patrick; Yuri Alberto.
Técnico: Diego Aguirre.
 
América
 
Matheus Cavichioli; Patric, Eduardo Bauermann, Ricardo Silva e Marlon; Lucas Kal e Juninho; Felipe Azevedo, Ademir, Ribamar e Fabrício Daniel (Marcelo Toscano).
Técnico: Vagner Mancini.
 
Motivo : 26ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Data e horário : quarta-feira, 13 de outubro de 2021, às 21h30
Local : Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Árbitro : Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes : Jean Marcio dos Santos e Lorival Candido das Flores (RN)
VAR : Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Transmissão : Premiere

Compartilhe