Mancini sobre jovens da base do América: 'Perderam espaço naturalmente'

Zé Vitor, Gustavo, Carlos Alberto e Kawê receberam oportunidades com o treinador paulista, mas retornaram ao Sub-20 há três meses

14/10/2021 16:45
compartilhe
Carlos Alberto, tido como uma das joias da base do América, foi quem mais recebeu oportunidades com Mancini
foto: Mourão Panda/América

Carlos Alberto, tido como uma das joias da base do América, foi quem mais recebeu oportunidades com Mancini


Após a derrota por 3 a 1 para o Internacional, nesta quarta-feira (13), o técnico Vagner Mancini foi questionado sobre o uso de jovens da base do América. Após um início com protagonismo, nomes como o do zagueiro Zé Vitor, do meia Gustavinho e do atacante Carlos Alberto perderam espaço nos últimos meses.
 
 

O treinador do Coelho foi questionado sobre a possibilidade de, a partir do fim das competições Sub-20, voltar a utilizar estes atletas na equipe principal. Mancini demonstrou irritação com a pergunta e avaliou: 'Perderam espaço naturalmente por serem jovens'.

"Eu não sei o que uma coisa tem a ver com outra, sinceramente. O fato de ter terminado o Mineiro e o Brasileiro, o que tem a ver? Os jogadores que, porventura, foram citados, já foram escalados aqui. Perderam espaço naturalmente por serem jovens, mas vão ter oportunidades assim como os outros jogadores", disse.

"Eu acho que a gente tem que estar focado em outras coisas. O América tem um elenco bom, vive um bom momento. A gente tem que valorizar aquilo que está sendo feito para que isso também gere energia positiva no clube", completou.
 

Oportunidades e retorno ao Sub-20 


Em certa altura da trajetória de Mancini no América, o jovem zagueiro Zé Vitor, de 20 anos, adquiriu confiança. Ele foi titular nas derrotas por 1 a 0 para Atlético e Sport, além do empate em 1 a 1 com o Grêmio, entre os dias 10 e 24 de julho.

Por sua vez, o atacante Carlos Alberto, de 19 anos, recebeu mais oportunidades. Ele atuou em sete partidas pelo Coelho nesta edição de Série A - duas como titular - e chegou a marcar um gol contra o Santos, no Independência, em 3 de julho. No entanto, o jovem foi relacionado pela última vez em 1° de agosto, para o empate em 1 a 1 com o Atlético-GO.

Dos jogadores citados, o meia-atacante Gustavo foi o que recebeu menos oportunidades com Mancini. Ele entrou em campo apenas na derrota por 1 a 0 para o Sport, em 19 de julho, e, posteriormente, não foi mais relacionado.
 
 
 
Os três atletas foram 'rebaixados' ao Sub-20 do América. O Coelho acionou os jogadores nas campanhas do Campeonato Mineiro e do Campeonato Brasileiro da categoria. 
 
Em 11° colocado no Brasileirão, o América segue na luta para se manter na elite do futebol nacional. A equipe mineira perdeu uma invencibilidade de oito jogos após derrota por 3 a 1 para o Internacional, mas segue em bom momento na competição.

Compartilhe