UAI

2

Rival do América, Chape tenta evitar pior campanha dos pontos corridos

Equipes se enfrentam nesta terça-feira, às 21h, no Independência, em Belo Horizonte

30/11/2021 15:40 / atualizado em 30/11/2021 15:56
compartilhe
Felipe Azevedo durante duelo entre Chapecoense e América, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro
foto: João Victor Zebral / América

Felipe Azevedo durante duelo entre Chapecoense e América, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro


O América enfrenta a já rebaixada Chapecoense , nesta terça-feira (30), às 21h, no Independência , em Belo Horizonte, pela 35ª rodada do Brasileirão. Caso perca a partida, a equipe de Santa Catarina se aproximará de um feito histórico: a pior campanha da história dos pontos corridos.

Atualmente, a Chapecoense se encontra na lanterna da competição, com apenas 15 pontos (14,71% de aproveitamento). O Verdão do Oeste, como é nomeado por seus torcedores, se tornou o time a ser rebaixado para a Série B com maior antecedência na história do Brasileirão.

A equipe de Santa Catarina caiu para a 'segundona' faltando sete rodadas para terminar o campeonato. O fatídico rebaixamento ocorreu no duelo contra o Flamengo, na Arena Condá, em Chapecó, pela 30ª rodada.

Para ser superior aos números da pior campanha da história dos pontos corridos, a Chapecoense precisa vencer um jogo ou empatar três em quatro duelos restantes no campeonato. Isso porque, o Náutico , em 2007, somou apenas 17 pontos (15% de aproveitamento).
 
 
 

Dias de luta


Apesar da boa campanha atual do América na Série A, a equipe alviverde também figura na lista de piores retrospectos da história dos pontos corridos.

Em 2016, quando tinha acabado de retornar à elite do futebol brasileiro, o Coelho terminou o campeonato na última colocação, em 20º, com 28 pontos. Tais números significaram um aproveitamento de 25%, e deram ao América o posto de quarta pior campanha do Brasileirão desde 2003.

Contudo, a equipe alviverde se recuperou nos últimos anos e faz, em 2021, o melhor campeonato de sua história. Em 10º colocado, com 46 pontos, o Coelho tem chances mínimas de ser rebaixado para a segunda divisão.

O América almeja se classificar pela primeira vez na história para uma competição internacional. De acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) , a equipe alviverde tem 80,3% de chance de ir à Copa Sul-Americana da próxima temporada e probabilidade de 18,8% de conquistar vaga na Libertadores de 2022.

Compartilhe