UAI

2

Por vaga na Libertadores, torcida do América promete lotar Independência

América fez promoção de ingressos e preparou ações de marketing antes da partida, como distribuição de cerveja

09/12/2021 07:00
compartilhe
Torcedor americano Paulo Rezende está animado para jogo diante do São Paulo
foto: Jair Amaral/EM/D.A Press.

Torcedor americano Paulo Rezende está animado para jogo diante do São Paulo



Os torcedores do América estão eufóricos com a possibilidade de a equipe se classificar para a Copa Libertadores pela primeira vez. Apesar de alguns manterem desconfiança, a expectativa é de Independência cheio na noite desta quinta-feira para incentivar os jogadores contra o São Paulo. O duelo pela última rodada do Campeonato Brasileiro começa às 21h30.

"É o jogo mais importante da história do América, vai mudar o patamar do clube no cenário do futebol, pode abrir perspectiva muito boa e pode ajudar a fechar o contrato com o investidor que está interessado em assumir a direção. Estou bem confiante", diz Paulo Resende. Na visão dele, o time está bem mais maduro do que, por exemplo, em 2019, quando deixou escapar o acesso à Série A ao perder para o já rebaixado São Bento, em pleno Horto.

Acostumado a frequentar estádios desde os tempos da Alameda, Paulo vê o Coelho cada vez mais forte. "O momento agora é o torcedor voltar ao estádio e incentivar. E também aderir ao programa de sócio-torcedor, estou muito satisfeito com o marketing que o América tem feito."

Magno Dias Oliveira vê América em ascensão e sonha com a Libertadores
foto: Jair Amaral/EM/D.A Press.

Magno Dias Oliveira vê América em ascensão e sonha com a Libertadores



Ele e outros americanos esperam que, chegando a uma competição internacional, o decacampeão conquiste cada vez mais adeptos, ainda mais em momento em que outro clube tradicional, o Cruzeiro, está em baixa. "Cabe ao América ajudar a segurar o futebol mineiro, representando o estado na Série A do Brasileiro", diz, bem-humorado, Magno Dias Oliveira.

Gabriel Dylan quer oferecer a classificação ao pai, José Luiz, que morreu em 2012
foto: Jair Amaral/EM/D.A Press.

Gabriel Dylan quer oferecer a classificação ao pai, José Luiz, que morreu em 2012



Já Gabriel Dylan quer oferecer a classificação ao pai, José Luiz, que morreu em 2012 sem imaginar que um dia o Coelho poderia estar entre os melhores da América. "Estou confiante na conquista da vaga na Libertadores, apesar de já ter visto o América decepcionar a torcida algumas vezes. De toda forma, atingimos o objetivo e ainda nos garantimos na Copa Sul-Americana, o que vier agora é lucro", afirma ele, para quem a Sul-Americana é até mais vantajosa financeiramente. "Mas em termos de história, a Libertadores será um marco."

Festa


Para incentivar ainda mais os torcedores a comparecerem ao Independência, a diretoria americana faz promoções. Além de ingressos a partir de R$ 10, sócios-torcedores podem levar um convidado. Haverá "rua de fogo" para recepcionar a delegação.

Também haverá distribuição de cerveja e adereços antes da partida, além de DJ animando quem estiver no estádio. Um dos patrocinadores promete sortear uma moto entre os torcedores presentes.

"A partir das 19h30, o torcedor vai participar das ações e se preparar para fazer uma festa bonita durante o jogo", diz Erley Lemos, diretor de Marketing e Negócios do América.

Compartilhe