UAI

2

América: médico diz que retorno de Cavichioli dependerá de série de exames

Goleiro se recupera de uma angioplastia, que desobstruiu uma artéria no coração

18/01/2022 13:34 / atualizado em 18/01/2022 14:10
compartilhe
Matheus Cavichioli ainda não sabe quando voltará a jogar
foto: Mourão Panda / América

Matheus Cavichioli ainda não sabe quando voltará a jogar


O médico Leandro Penna, do América, fez um pronunciamento, nesta terça-feira (18), sobre a situação do goleiro Matheus Cavichioli, que passou por uma angioplastia para desobstruir uma artéria no coração. O retorno do atleta é tratado com cautela e precisará de uma série de exames.

"Matheus deverá permanecer internado por alguns dias para realização de exames e processo de reabilitação cardíaca. A reabilitação tem como objetivo minimizar os riscos decorrentes da cirurgia, reduzir o tempo de internação e melhorar sua aptidão física. Esta reabilitação será realizada pela equipe do Materdei, equipe de cardiologia do esporte e medicina do esporte, sob a supervisão da equipe médica e fisioterápica do América. O retorno do Matheus para treinos e jogos dependerá de uma série de exames a ser realizado e da sua recuperação durante a reabilitação", disse Penna.

Como não há previsão para o retorno do camisa 1 aos gramados, a diretoria americana busca um goleiro experiente, especialmente porque neste ano, além de disputar a Série A do Campeonato Brasileiro, o time também estará na Copa Libertadores. Jailson e Fábio estão na mira do Coelho.

Leandro Penna explicou como o clube descobriu o problema cardíaco do goleiro, que passou por cirurgia nessa segunda-feira (17), em um hospital de Belo Horizonte. "No caso do Matheus, realizamos inicialmente um teste ergométrico, conhecido como teste de esteira, que identificou uma alteração eletrocardiográfica, sugestiva de isquemia miocardia induzida pelo esforço. Dessa forma, realizamos mais dois exames, uma tomografia de coronária e, posteriormente, um cateterismo que confirmaram uma lesão obstrutiva em uma das principais artérias do coração do atleta", disse Penna.

"Diante de uma obstrução da artéria, temos opção de tratamento clínico ou cirurgia. No caso do Matheus, como se tratava de uma lesão grave em uma das principais artérias do coração, foi decidido em discussão com a equipe médica do hospital Materdei a realização da angioplastia, que consiste na colocação de um cateter na região da artéria com objetivo de melhora do fluxo sanguíneo", completou.

Compartilhe