UAI

2

Fluminense tenta atravessar negociação do América com Fábio, ex-Cruzeiro

Atleta é aguardado no Rio de Janeiro para fazer exames médicos, mas Coelho ainda não foi informado oficialmente da desistência

18/01/2022 23:03 / atualizado em 19/01/2022 00:02
compartilhe
Fábio deixou o Cruzeiro e estava próximo do América, mas pode parar no Fluminense
foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Fábio deixou o Cruzeiro e estava próximo do América, mas pode parar no Fluminense

Uma reviravolta poderá colocar Fábio, de 41 anos, no Fluminense. O Tricolor atravessou as negociações do América, que já dava como certo o acordo com o ex-goleiro do Cruzeiro, e espera anunciar a contratação do camisa 1 nesta quarta-feira. 

A informação foi divulgada inicialmente pelo canal Raiz Tricolor e confirmada pela reportagem do Superesportes. Os cariocas aguardam Fábio no Rio de Janeiro para realização de exames médicos e assinatura do contrato, que terá, inicialmente, duração até o fim desta temporada. 

Veja as principais contratações dos clubes para o Mineiro 2022

O América, conforme apurou a reportagem, não foi informado da desistência de Fábio até às 23h desta terça-feira. Isso poderá acontecer na manhã desta quarta. Fontes ligadas ao negócio afirmaram que o acerto com o Fluminense avançou bem nas últimas horas, mas também não descartam completamente o América

Capitão do América, o meio-campista Juninho afirmou na noite desta terça-feira, durante participação no programa 'Hora do Coelho', que conversou com Fábio por telefone. O goleiro teria manifestado desejo de acertar com o time do Lanna Drumond.

 “Vou ser sincero aqui, abro para vocês. Eu liguei para ele, conversei com ele, inclusive (...) Ele está com o coração limpo, com a cabeça muito aberta em vir e muita vontade de vir. Quem é que não está com vontade de vir para o América hoje? Paga certo, tem uma estrutura bacana", argumentou.

Fábio deixou o Cruzeiro neste mês, após 17 anos vestindo a camisa celeste, por uma decisão da Sociedade Anônima do Futebol (SAF), capitaneada pelo ex-atacante Ronaldo. Em carta aberta, o goleiro fez duras críticas aos novos gestores da Raposa, que o ofereceram um contrato de apenas três meses. 

O Cruzeiro, por sua vez, em comunicado divulgado nas redes sociais, informou que a proposta feita ao goleiro já considerava um "importante sacrifício econômico" e que "respeitava sua relevância e admirável história de 18 anos no clube".

História no Cruzeiro


Fábio iniciou sua trajetória na Toca da Raposa II há mais de 20 anos, no primeiro semestre de 2000, quando jogou como titular na vitória sobre o Universal-RJ por 2 a 0, em 4 de março, no Mineirão. 

Três meses depois, em 9 de julho, era reserva de André no time que bateu o São Paulo de virada, por 2 a 1, também no Gigante da Pampulha, e faturou o tri da Copa do Brasil. No segundo semestre de 2000, Fábio acertou com o Vasco e integrou o grupo campeão brasileiro como suplente de Helton. 

Quatro anos e meio depois, em janeiro de 2005, retornou ao Cruzeiro. O camisa 1 ganhou mais duas Copas do Brasil (2017 e 2018), dois Brasileiros (2013 e 2014), sete Mineiros (2006, 2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019) e inúmeros prêmios individuais, como o de melhor goleiro da Série A em 2010 e 2013.


Compartilhe