UAI

2

Giacomini critica árbitro em revés do América e mantém planos no Mineiro

Auxiliar fixo comandou Coelho com formação alternativa na derrota para Caldense, na estreia do Estadual

26/01/2022 09:38 / atualizado em 26/01/2022 09:58
compartilhe
Giacomini diz que derrota não abala planejamento do América
foto: Luiz Martini / América

Giacomini diz que derrota não abala planejamento do América


Responsável por comandar o América na estreia do Campeonato Mineiro, Diogo Giacomini analisou a derrota da equipe para a Caldense, por 2 a 1,, nessa terça-feira, em Poços de Caldas. O auxiliar fixo do Coelho criticou a arbitragem conduzida por Marco Aurélio e considerou que os dois gols da Veterana, marcados por Douglas Eskilo e Igor Pimenta. 



"Foram dois gols irregulares. No primeiro, eu estava na linha, e percebi o jogador da Caldense adiantado. No segundo lance, na minha opinião, um erro mais grave da arbitragem. O Neto puxa a bola com a mão, nitidamente, e leva vantagem no lance. É algo que a Fifa mais prega para a arbitragem moderna, que nenhum gol pode ser confeccionado com a ajuda do braço ou da mão. Então, um lance bem claro, e o Fazekas estava inteiro no lance, de frente, e até agora eu não entendo por que ele não marcou a infração. Fazekas, que eu considero um bom árbitro, teve uma noite infeliz e arbitragem confusa na distribuição de cartões", declarou Giacomini, em entrevista coletiva após a partida. 

Pouco inspirado ofensivamente, o América perdeu para a Caldense na estreia do Campeonato Mineiro com muitos jovens e reservas em campo. O Coelho teve problemas de entrosamento e também sofreu com falhas defensivas nos gols sofridos. 

Caldense x América: fotos da partida em Poços de Caldas



O América não usará parte do elenco principal para as duas primeiras rodadas do Mineiro como estratégia para intensificar a preparação junto do técnico Marquinhos Santos no CT Lanna Drumond. O clube prioriza a disputa da Copa Libertadores da América no início desta temporada. 

Giacomini admitiu que usar um time alternativo em Poços de Caldas foi um risco 'calculado' e garantiu que o planejamento será mantido para a rodada seguinte do Estadual, contra o Democrata, neste domingo, às 19h, no Independência. 

"Quando o América fez esse planejamento, sabíamos que era um risco calculado. Sabíamos que o jogo seria difícil. A gente sabe aonde quer chegar. Temos competições alvo no ano, e esse período preparatório vai lá na frente. Não vamos mudar o planejamento. Não estamos satisfeitos com a derrota, mas espero que possamos fazer a primeira vitória no domingo", concluiu. 



Compartilhe