UAI

2

'O América não pode pensar no Cruzeiro antes do Democrata', alerta lateral

João Paulo negou que o Coelho esteja pensando já no clássico de quarta-feira, contra a Raposa, e garante que foco está no duelo de domingo, contra a Pantera

28/01/2022 06:00 / atualizado em 28/01/2022 08:36
compartilhe

João Paulo foi capitão do América na partida contra a Caldense, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro
foto: Luiz Martini / América

João Paulo foi capitão do América na partida contra a Caldense, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro

 

O América estreou com o 'pé esquerdo' no Campeonato Mineiro, perdendo por 2 a 1 para a Caldense em Poços de Caldas. Em entrevista no CT Lanna Drumond, o lateral-esquerdo João Paulo comentou a derrota na primeira rodada do torneio e afirmou que o time não pode pensar no clássico contra o Cruzeiro antes do duelo contra o Democrata-GV, que ocorre domingo, às 19h, no Independência. 

 

 

Para o atleta, um dos pontos positivos do América na partida do Sul de Minas foi a leitura de jogo. Ele afirma que o time conseguiu impor o que havia treinado, mas acabou pecando nas finalizações. 

 

 

 

"Nós impusemos aquilo que temos treinado. Vimos que a equipe da Caldense estava sempre recuada defensivamente e fizemos nossa saída. Infelizmente, não finalizamos tanto no gol, que era algo que a gente precisava, até pra furar a retranca. Tentamos buscar o resultado, mas o resultado é algo que infelizmente foge do nosso controle. Vendo depois constatamos que houve uma interferência nos gols que tomamos. Isso não é uma desculpa para nós, mas lógico que, dentro de uma estreia com um grupo totalmente modificado e que não estava acostumado a jogar junto, isso interfere", reiterou.

 

Como foi mencionado por João Paulo, o Coelho utilizou uma escalação alternativa diante da Caldense. Nas duas primeiras rodadas do Mineiro, os principais atletas do elenco alviverde não irão a campo. Por opção técnica do clube, os titulares vão descansar nesses compromissos e retornarão contra o Cruzeiro, na quarta-feira (2). 

 

O América perdeu para a Caldense jogando com Jori; Arthur, Iago Maidana, Gustavo Marques (Lucas Kal) e João Paulo; Flávio (Zé Ricardo), Juninho Valoura, Rodriguinho; Gustavo (Adyson), Yan Sasse (Mateus Henrique) e Léo Passos (Carlos Alberto).

Democrata-GV

 

 

Ao analisar o próximo jogo do América, contra o Democrata, o lateral falou sobre as principais características do time de Marquinhos Santos, destacando o estilo de marcação imposto pelo técnico.

 

"A gente se impôs bem contra a Caldense, fora de casa, e creio que nós iremos permanecer assim, nos impondo. Essa é a característica do América: imposição, marcação em cima e (o time) buscando o gol a todo momento. Espero que possamos estar melhor tecnicamente e fisicamente. Esse foi o primeiro jogo da temporada, então as nossas pernas vão se soltando, para podermos fazer um grande jogo (no domingo). (Espero que possamos) conseguir concluir melhor as nossas finalizações para gol também", analisou. 

 

Por fim, João Paulo foi veemente ao reiterar a ideia de que o Coelho está pensando no clássico contra o Cruzeiro, pela terceira rodada. Para o atleta, é preciso focar primeiro no Democrata. 

 

"Primeiro temos que pensar no jogo contra o Democrata, no domingo. Não podemos pensar no Cruzeiro antes mesmo de pensar no adversário que está à nossa frente. Isso se torna até preocupante, porque não entramos concentrados e acabamos não fazendo aquilo que nos é pedido. Vamos entrar focados para fazer um grande jogo contra o Democrata, todo mundo buscando a sua forma ideal de jogo e buscando aquilo o professor tem pedido para a gente fazer. Temos que buscar vencer o jogo, que é o mais importante", concluiu. 

 

 

 


Compartilhe