UAI

2

'Um passo de cada vez', diz Juninho Valoura sobre América na Libertadores

Coelho vai disputar a fase de grupos da competição continental pela primeira vez em sua história

16/03/2022 07:00 / atualizado em 16/03/2022 12:53
compartilhe
Frio, Juninho converteu pênalti da classificação do América
foto: Divulgação/América

Frio, Juninho converteu pênalti da classificação do América

Autor do gol de pênalti que decretou a classificação do América para a fase de grupos da Copa Libertadores, o meio-campista Juninho Valoura vibrou muito com o feito da equipe diante do Barcelona-EQU, atual semifinalista do torneio, fora de casa. O Coelho alcançou o feito logo em sua primeira participação na competição continental.

Barcelona 4 x 5 América: fotos da decisão nos pênaltis em Guayaquil



Após o jogo, o meio-campista agradeceu pela oportunidade de cobrar o pênalti decisivo e destacou as qualidades do grupo americano para a disputa pela classificação na fase de grupos do torneio.



"Primeiramente, agradecer a Deus por essa grande oportunidade, por ter a oportunidade de classificar o América para a fase de grupos da Copa Libertadores. Acho que podem esperar muita coisa de um grupo que vem mostrando muita qualidade, muita garra e muita união desde o ano passado", disse.

O momento agora é de comemorar. Eliminado no Campeonato Mineiro, o América aguarda o sorteio da fase de grupos para saber os adversários na Libertadores. Enquanto isso, iniciará a preparação para a forte sequência na temporada, com jogos também pelo Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. Mas, enquanto isso, é hora de festejar o feito alcançado diante de um poderoso adversário.

"(A comemoração) Vai durar o tempo que for necessário. Entramos para a história de uma grande instituição. O América está crescente muito boa. Vocês vão ouvir falar muito dessa instituição", afirmou Juninho.





Valoura, no entanto, diz que o time tem que ter pés no chão e pensar jogo a jogo na Libertadores para conseguir uma sonhada vaga no mata-mata da competição. 

"É um passo de cada vez, um jogo de cada vez. Vamos ter grandes finais pela frente. Temos que encarar todos os jogos como foi hoje. Temos que ter pés no chão", concluiu.



Compartilhe