UAI

2

Chateado com goleada, Marquinhos espera atitude do América na Libertadores

Treinador avaliou derrota por 4 a 0 para o Athletico-PR, nessa segunda, em amistoso realizado em Curitiba

29/03/2022 09:30 / atualizado em 29/03/2022 10:09
compartilhe
Apesar da goleada sofrida, Marquinhos Santos acredita que amistoso foi útil para observações antes da estreia na Libertadores
foto: Reprodução/TV Coelho

Apesar da goleada sofrida, Marquinhos Santos acredita que amistoso foi útil para observações antes da estreia na Libertadores


Em preparação para a estreia na fase de grupos da Copa Libertadores, o América enfrentou o Ahtletico-PR em amistoso nessa segunda-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba, e acabou goleado por 4 a 0.  Em análise da partida, o técnico Marquinhos Santos admitiu chateação pelo placar elástico e afirmou que faltou ao time o espírito de competição. O comandante, no entanto, acredita que o jogo foi útil para realizar observações na equipe. 

Apesar da goleada sofrida, Marquinhos Santos acredita que amistoso foi útil para observações antes da estreia na Libertadores
foto: Reprodução/TV Coelho

Apesar da goleada sofrida, Marquinhos Santos acredita que amistoso foi útil para observações antes da estreia na Libertadores



"Claro que saímos chateados pelo placar sofrido na Arena da Baixada e pela nossa atitude. Mas foi bom pelo quesito de observações faltando nove dias para a estreia (na Libertadores). Acabamos não competindo. Viemos e fizemos um amistoso, e o Athletico fez uma decisão. Faltou competir. Tomamos dois gols muito rápido no primeiro tempo. Fizemos observações necessárias dentro do jogo. Colocamos o (Paulinho) Bóia para que ele entenda o modelo de jogo e se adeque aos seus companheiros", declarou Marquinhos, se referindo à primeira experiência do atacante recém-chegado do Metalist, da Ucrânia. 

Eliminado na fase classificatória do Campeonato Mineiro, o América entrou em campo com reservas nas duas derrotas para o Tombense, pelas semifinais do Troféu Inconfidência. Na Arena da Baixada, os titulares voltaram, mas o desempenho foi apático. Marquinhos Santos confia que a atitude do time será  completamente diferente no confronto com o Independiente del Valle, no dia 6 de abril, no Independência, pela primeira rodada do Grupo D da Copa Libertadores. 

"Ainda temos nove dias para a estreia, e a nossa competição, nosso desempenho, não será esse. Não tenho dúvidas que, quando valer os três pontos, com a atmosfera da Libertadores, a postura da equipe será outra", reforçou. 



Marquinhos Santos também acredita que a reta final da preparação para a partida na Libertadores dará mais motivação ao elenco. "Precisamos aumentar a competitividade e ligar novamente a chavinha. Quando mais próximo for da estreia na Libertadores, os jogadores estarão em outro nível de concentração, em um outro patamar de treinamento. Eu não tenho dúvidas que desenvolveremos o jogo que queremos e precisamos", concluiu. 




Compartilhe