UAI

2

América vence Goiás, encerra jejum e deixa zona de rebaixamento da Série A

Com gol de Henrique Almeida, Coelho bateu o time goiano por 1 a 0 no Independência, em Belo Horizonte, pela 15ª rodada do Brasileiro

03/07/2022 19:54 / atualizado em 03/07/2022 20:14
compartilhe
Henrique Almeida marcou o gol da vitória do América sobre o Goiás
foto: JUAREZ RODRIGUES/EM/D.A.PRESS

Henrique Almeida marcou o gol da vitória do América sobre o Goiás


O América venceu o Goiás por 1 a 0 neste domingo (3), no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 15ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com gol do atacante Henrique Almeida, no segundo tempo, o time mineiro encerrou um jejum de cinco partidas sem triunfo no torneio. 
 
 
Com o resultado, o Coelho chegou aos 18 pontos e deixou a zona de rebaixamento. O clube subiu cinco posições na tabela de classificação - é o 13º colocado. O Esmeraldino, por sua vez, é o primeiro time dentro da zona da degola. 
 
Agora, o técnico Vagner Mancini terá uma semana cheia para preparar a equipe. O próximo compromisso do América será contra o Internacional, no dia 11 de julho (segunda-feira), às 20h, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 16ª rodada do Brasileirão. 
 
Já o Goiás encara o Athletico-PR na próxima rodada da competição nacional. O confronto está marcado para sábado (9), às 20h30, no estádio da Serrinha, em Goiânia. 
 

América x Goiás: fotos do jogo no Independência pelo Brasileiro

 
 

Primeiro tempo

 
O América teve grande volume de jogo, porém não conseguiu construir uma vantagem antes do intervalo. As melhores chances do primeiro tempo foram criadas pelo Coelho. O Goiás, por sua vez, assustou em poucos momentos, todos com o atacante Pedro Raul. 
 
A primeira boa investida do time mineiro foi aos 3 minutos, com Pedrinho. O atacante tirou tinta da trave esquerda após chute rasteiro para fora. No lance seguinte, aos 6', o meia Alê recebeu belo cruzamento de Raúl Cáceres, mas chutou por cima do gol. 
 
Depois da 'blitz' alviverde, a equipe esmeraldina respondeu com Pedro Raul. O centroavante roubou a bola pela esquerda, avançou com liberdade e finalizou de fora da área. Sem reação, o goleiro Matheus Cavichioli só torceu para a redonda não entrar. 
 
A partir disso, o jogo ficou todo nas mãos do América. O time comandado pelo técnico Vagner Mancini controlou as ações ofensivas e pouco sofreu na defesa. 
 

Segundo tempo

 
 
Forçado a mexer na equipe mais uma vez, Mancini mandou a campo Henrique Almeida. E a mudança surtiu efeito logo de cara. Aos 13 minutos, o centroavante colocou o Coelho a frente no placar.  
 
No início do lance, Henrique arrancou com a bola no meio-campo e acionou Pedrinho na direita. O ponta dominou a bola e cruzou na medida para dentro da área. De primeira, o camisa 19 balançou as redes do goleiro Tadeu: 1 a 0. Antes do gol, o centroavante já havia acertado cabeceio no travessão. 
 
Depois do gol sofrido, o Goiás se lançou ao ataque em busca do empate. Aos 32',  Pedro Raul quase deixou tudo igual. Ele dominou, carregou para o meio e finalizou da intermediária. A bola foi rasteira no canto esquerdo, mas Cavichioli defendeu sem rebote. 
 
O América também continuou criando boas chances. Henrique Almeida e Juninho tiveram boas oportunidades para ampliar o placar, mas o goleiro do time goiano e o travessão impediram.

 
AMÉRICA 1 x 0 GOIÁS

 

América

 
Matheus Cavichioli; Raúl Cáceres (Matheusinho), Luan Patrick, Éder e Marlon; Lucas Kal, Juninho e Alê; Everaldo (Felipe Azevedo), Pedrinho (Germán Conti) e Wellington Paulista (Henrique Almeida).  
Técnico: Vagner Mancini.
 

Goiás

 
Tadeu; Yan Souto, Reynaldo e Caetano (Danilo Barcelos); Diego, Caio (Nicolas), Felipe Bastos, Elvis (Dadá Belmonte) e Matheus Sales (Luan Dias); Vinícius (Maguinho) e Pedro Raul. 
Técnico: Jair Ventura.
 
Gol: Henrique Almeida, aos 13min do 2ºT (América)
Cartões amarelos: Henrique Almeida e Éder (América); Pedro Raul e Felipe Bastos (Goiás)
 
Motivo: 15ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data e horário: domingo, 3 de julho de 2022, às 18h (de Brasília)
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
 
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Márcio dos Santos (RN) e Lorival Cândido das Flores (RN)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
 
Público: 2.339
Renda: R$ 45.479,00 

Compartilhe