UAI

2

América volta a vencer o Botafogo e vai às quartas da Copa do Brasil

Coelho derrota a equipe carioca novamente, desta vez no Rio de Janeiro, e avança sem sustos na competição mata-mata

14/07/2022 22:51 / atualizado em 15/07/2022 01:00
compartilhe
Pedrinho foi um dos destaques do América na vitória sobre o Botafogo
foto: Mourão Panda/América

Pedrinho foi um dos destaques do América na vitória sobre o Botafogo


Sem sustos, o América voltou a vencer o Botafogo nesta quinta-feira (14) e avançou às quartas de final da Copa do Brasil. Desta vez, o Coelho bateu o time carioca por 2 a 0 no Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Os gols foram marcados por Felipe Azevedo e Pedrinho.



O time mineiro já havia vencido por 3 a 0 no jogo de ida das oitavas de final. Na ocasião, Wellington Paulista, Danilo Avelar e Alê marcaram os gols. A equipe se classifica com um sólido 5 a 0 no placar agregado. 

Botafogo x América: fotos do jogo no Nilton Santos pela Copa do Brasil



O adversário do Coelho nas quartas de final será definido por meio de sorteio, que será realizado na próxima terça-feira. No calendário base da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), estão reservadas datas para os duelos de ida e volta nas semanas de 27 de julho e 17 agosto.

Classificados para as quartas de final da Copa do Brasil



Os possíveis rivais são: Athletico-PR, Fluminense, Atlético-GO, Fortaleza, Corinthians, Flamengo ou São Paulo.

Agora, o Coelho volta às atenções para o Campeonato Brasileiro. O time enfrentará o Red Bull Bragantino no domingo, às 19h, no Independência, pela 17ª rodada. Também pela Série A, o Botafogo receberá o Atlético no domingo, às 18h, novamente no Nilton Santos. 

O jogo


Com a difícil missão de reverter o 3 a 0, o Botafogo foi para cima do América desde o início. Dominando as ações ofensivas, o time carioca criou boas oportunidades e obrigou Cavichioli a fazer grande defesa aos 9', após bonito chute de Lucas Fernandes de fora da área. 

O Coelho, por sua vez, não abriu mão do ataque. Em jogo de transições rápidas, a equipe comandada pelo técnico Vagner Mancini também teve boas chances em contra-ataques, principalmente com Pedrinho. De cabeça, Henrique Almeida quase marcou aos 14', mas Gatito teve boa intervenção.

Em jogo aberto, melhor para os mineiros. Aos 21', Henrique Almeida fez ótima jogada, tabelou com Pedrinho e cruzou para Felipe Azevedo, de carrinho, abrir o placar para o América: 1 a 0, e a vaga nas quartas de final ainda mais próxima. 

O gol abaixou os ímpetos dos jogadores do Botafogo, que também ficaram nervosos com algumas decisões do árbitro. Após sair na frente, o Coelho foi melhor nos minutos finais do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Coelho voltou a controlar bem as ações. Apesar de ambas as equipes criarem menos oportunidades, Pedrinho, pelo lado alviverde, e Hugo, pelo carioca, tiveram boas oportunidades, mas desperdiçaram.

Erison chegou a empatar a partida após recebeu lançamento nas costas da defesa americana. No entanto, o árbitro de vídeo revisou a condição do atacante e assinalou condição de impedimento.

No lance seguinte, Pedrinho recebeu na intermediária, carregou a bola até a entrada da área e finalizou rasteiro, no canto de Gatito, para ampliar o placar e selar a classificação americana: 2 a 0 aos 16'. 
 
No fim da partida, já com o resultado definido, bastou ao América trocar passes com calma. O Botafogo chegou a finalizar 12 vezes no segundo tempo contra a meta de Cavichioli, mas sem sucesso. 

BOTAFOGO 0 X 2 AMÉRICA

 
Botafogo
Gatito Fernández; Saravia, Kanu, Joel Carli (Philipe Sampaio, no intervalo) e Hugo (Diego Gonçalves, aos 29' do 2ºT); Patrick de Paula (Matheus Nascimento, aos 27' do 1ºT), Tchê Tchê (Del Piage, aos 25' do 2ºT) e Lucas Fernandes; Vinicius Lopes, Gustavo Sauer (Jeffinho, no intervalo) e Erison
Técnico: Luís Castro
 
América
Matheus Cavichioli; Patric (Cáceres, aos 22' do 2ºT), Éder, Luan Patrick e Danilo Avelar (Marlon, aos 22' do 2ºT); Lucas Kal, Juninho e Felipe Azevedo (Índio Ramírez), aos 22' do 2ºT); Matheusinho, Pedrinho (Aloísio, aos 22' do 2ºT) e Henrique Almeida (Germán Conti, aos 29' do 2ºT)
Técnico: Vagner Mancini
 
Gols: Felipe Azevedo, aos 21' do 1ºT, e Pedrinho, aos 16' do 2ºT
Cartões amarelos: Erison, Joel Carli e Tchê Tchê (BOT); Patric e Danilo Avelar (AME)

Motivo: jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil
Estádio: Nilton Santos, Rio de Janeiro-RJ
Data e horário: quinta-feira, 14 de julho, às 21h
 
Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA/SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA/SC) e Alex dos Santos (SC)
VAR: Rodrigo D'Alonso Ferreira (RJ)

Compartilhe