Atlético

CAMPEONATO BRASILEIRO

Atlético perde para Flamengo e vê vantagem na ponta do Brasileiro diminuir

Galo não foi efetivo ofensivamente e acabou derrotado por 1 a 0, gol de Michael

postado em 30/10/2021 20:57 / atualizado em 30/10/2021 21:40

(Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

O Atlético perdeu o confronto direto para o Flamengo, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, no Maracanã, o Galo criou poucas oportunidades, parou duas vezes no travessão e acabou derrotado por 1 a 0. O gol do Rubro-Negro, que reassume a vice-liderança da Série A, foi marcado por Michael, aos 26 minutos do primeiro tempo.



Com a derrota, o Atlético vê a vantagem na liderança diminuir. Agora, o Galo tem dez pontos a mais do que o Flamengo (59 a 49). O Rubro-Negro, novo vice-líder, fica tem dois jogos a menos do que o rival.

Os dois times voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro nos próximos dias para cumprir jogos atrasados. Na terça-feira, às 16h, o Flamengo visita o Athletico-PR, em duelo da 4ª rodada. Na quarta, às 21h, o Atlético recebe o Grêmio pela 19ª rodada.



O jogo

O Atlético entrou em campo com a formação tradicional no Campeonato Brasileiro, com dois atacantes - Keno e Hulk. Já o Flamengo foi forçado a fazer três mudanças, uma delas a saída de Rodrigo Caio, que se sentiu mal no intervalo e acabou sendo trocado por Gustavo Henrique.

O jogo começou muito tenso, com disputas físicas e pouca inspiração ofensiva dos dois times. O Atlético até tinha mais a bola, mas não incomodava tanto. O Flamengo, por sua vez, apostava na velocidade de Bruno Henrique e Michael.

Inicialmente, Bruno jogou em cima de Guga pela esquerda do ataque flamenguista. Depois, Renato trocou os pontas de lado e deixou Michael por ali. O lateral do Galo tinha muitas dificuldades na marcação e acabou amarelado.

O Galo teve a primeira chance, com Junior Alonso, de cabeça. A bola desviou na marcação e pegou no travessão. Pouco depois, Isla foi lançado pela direita e cruzou para a entrada da área. Bruno Henrique ganhou no alto de Nathan Silva e tocou de cabeça para Michael entrar nas costas de Guga e finalizar na saída de Everson : 1 a 0 .

Depois do gol, o Atlético passou a dominar as ações. O jogo seguiu nervoso, com muitos cartões. O Galo até teve duas chances, com Hulk e Guga, em chutes de longe, mas foi só. A dificuldade em criar chances persistiu até o fim do primeiro tempo.

O Atlético voltou para o segundo tempo com uma mudança de formação tática. Guga, amarelado, deixou o campo para a entrada de Diego Costa. Desta forma, Zaracho foi para a lateral direita.

A mudança surtiu pouco efeito no Atlético. O Flamengo, com menos posse, teve chance em jogada invididual de Michael, que parou em Everson. Na sequência, foi a vez de jogada coletiva do Galo. Diego Costa acionou Jair na direita. O volante cruzou para Arana subir livre na área e acertar o travessão de Diego Alves.

Cuca resolveu ousar em substituições. Saíram Zaracho, Nacho e Keno para as entradas de Mariano, Savarino e Vargas. Dessa forma, o time passou a ter quatro atacantes e dois volantes, sem um meia mais criativo para ajudar a iniciar as jogadas.

O Galo passou a ter dificuldades na criação das jogadas e começou a errar mais. O time não conseguia incomodar o adversário. Por isso, Cuca colocou Nathan na vaga de Allan nos minutos finais. Renato Gaúcho, por sua vez, recuou a equipe, deixando apenas um atacante - Vitinho, que entrou aos 42 do segundo tempo. 

O Atlético foi com tudo para a pressão final, mas não conseguiu impor qualquer dificuldade ao Flamengo. Desta forma, a equipe acabou derrotada pela segunda vez seguida como visitante e pode ver outros adversários diminuírem a diferença na classificação.



FLAMENGO 1 X 0 ATLÉTICO


Flamengo
Diego Alves, Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Ramon (Renê, 37/2°T); Willian Arão, Andreas e Everton Ribeiro (Rodinei, 42/2°T); Michael (Thiago Maia, 28/2°T), Bruno Henrique (Vitinho, 42/2°T) e Gabigol (Bruno Viana, 42/2°T)
Técnico:  Renato Gaúcho

Atlético
Everson; Guga (Diego Costa, no intervalo), Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Nathan, 35/2°T), Jair, Zaracho (Mariano, 15/2°T) e Nacho (Savarino, 15/2°T); Keno (Eduardo Vargas, 15/2°T) e Hulk
Técnico:  Cuca

Gols: Michael, 26/1°T;
Cartões amarelos: Guga (19/1°T); Nathan Silva (26/1°T); Everton Ribeiro (38/1°T); Bruno Henrique (44/1°T); Diego Alves (46/2°T); Rodinei (51/2°T)

Motivo:  29ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio:  Maracanã
Público pagante: 23.594
Público presente: 24.696
Renda: R$ 1.323.560,00
Data:  sábado, 30 de outubro
Horário:  19h

Árbitro:  Anderson Daronco (Fifa/RS)
Assistentes:  Rafael da Silva Alves (Fifa/RS) e Michael Stanislau (RS)
VAR:  Daniel Nobre Bins (RS)

Tags: galo atlético interiormg flamengorj seriea