UAI

2

'Difícil estar na melhor fase e não jogar', diz Rabello sobre 2021 no Galo

Defensor de 26 anos se tornou a quarta opção do técnico Cuca para a zaga na reta final da temporada

16/12/2021 02:15 / atualizado em 16/12/2021 03:10
compartilhe
Igor Rabello atuou em sete dos dez jogos do Atlético na Copa do Brasil 2021
foto: Pedro Souza/Atlético

Igor Rabello atuou em sete dos dez jogos do Atlético na Copa do Brasil 2021


Após a vitória por 2 a 1 sobre o Athletico-PR, nessa quarta-feira (15), na Arena da Baixada, que garantiu o bicampeonato da Copa do Brasil ao Atlético, o zagueiro Igor Rabello aproveitou para demonstrar sua insatisfação com a pouca minutagem em campo na reta final da temporada. Sem entender por quais motivos ele perdeu espaço na equipe, o defensor afirmou que estava vivendo sua melhor fase da carreira. 
"Sobre jogar ou não, eu vinha muito bem no início do ano. Infelizmente não entendi muito bem o motivo de ter saído, mas respeitamos a decisão do treinador e trabalhamos firmes. Difícil estar na melhor fase da carreira e não jogar mais", desabafou Rabello em entrevista ao ex-jogador Pedrinho, comentarista do SporTV. 

Rabello foi titular em seis das dez partidas decisivas do Atlético no torneio mata-mata. Porém, o atleta terminou o ano sendo a quarta opção do técnico Cuca para o setor defensivo. Ele só assumiu a titularidade devido à lesão de Réver e a ausência de Nathan Silva, que já havia atuado pelo Atlético-GO na competição. O paraguaio Júnior Alonso foi seu companheiro de zaga nos dois jogos da final contra o Furacão. 
 
 
 
O zagueiro já havia demonstrado chateação com a perda de espaço no time. No último domingo (12/12), ele não escondeu o sentimento, mas demonstrou respeito à escolha do treinador alvinegro.  
 

Atlético ergue a taça e festeja bi da Copa do Brasil

"Muito feliz esse ano, o coletivo, acho que tenho que me parabenizar, minha humildade, enaltecer isso. Vinha de um campeonato muito bom no início do ano, e chegou um período que eu tive que respeitar a decisão do treinador, e respeito. Mas claro que a gente fica um pouco chateado por não continuar manter nossa performance durante o jogo, permanecendo como titular", disse em entrevista à TV Galo.
 
A principal sequência de Rabello neste ano foi durante o Campeonato Mineiro. No Estadual, o defensor atuou 13 vezes e marcou dois gols. Posteriormente, na Libertadores, ele atuou em cinco ocasiões. No Brasileirão, no entanto, foram só 12 chances em 38 rodadas.  

O futuro de Igor Rabello no Atlético ainda é incerto. O contrato do defensor de 26 anos com a equipe mineira vai até o fim de 2022, mas ele já pode assinar um pré-contrato com outro clube a partir do meio do ano.

Compartilhe