UAI

2

Conversas avançam: o que sabemos sobre tratativas entre Galo e Jorge Jesus

Treinador português já conhece o projeto do clube mineiro para 2022

29/12/2021 14:26 / atualizado em 29/12/2021 15:46
compartilhe
Jorge Jesus está livre no mercado e pode acertar com o Galo
foto: MIGUEL RIOPA / AFP

Jorge Jesus está livre no mercado e pode acertar com o Galo



O Atlético já apresentou o projeto para a temporada 2022 ao estafe do técnico Jorge Jesus. Ele é o favorito para assumir a vaga deixada por Cuca, que, por motivos pessoais, preferiu não cumprir o contrato até o fim do próximo ano. O Superesportes confirmou com uma fonte ligada à negociação que o treinador português tem em mãos uma oferta do Galo, mas não deve responder de imediato ao clube, pois pretende descansar e conversar com a família nos próximos dias.

Depois de um trabalho fantástico no Flamengo, em 2019 e 2020, quando conquistou cinco títulos (Campeonato Brasileiro, Copa Libertadores, Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e Campeonato Carioca), Jorge Jesus não teve sucesso na sua volta ao Benfica. Ele enfrentou problemas de vestiário e não conquistou títulos. Foi demitido nessa terça-feira (28).

Dentro do Atlético, Jorge Jesus conta com a simpatia do investidor Ricardo Guimarães, do BMG, entre outros membros do grupo que auxilia na gestão do clube. Em entrevista em 2020, o português afirmou ter sido muito bem-recebido em Belo Horizonte pelo empresário e explicou por que não acertou com o Galo naquela ocasião.

"Houve uma possibilidade do Atlético, um agente me falou nesta possibilidade, vim ver o jogo, recebi o convite para vir, curiosamente foi o jogo entre Atlético e Flamengo. Jantei na casa da pessoa dono do banco BMG (Ricardo Guimarães), onde conversamos e eles foram extremamente simpáticos, não vou me esquecer da forma com que eles me receberam. Mas não era isso que eu queria, tinha outras perspectivas esportivas e, se viesse ao Brasil, sem ofender ninguém, sem desprezar ninguém, tinha que ser uma equipe que me desse pelo menos a ideia que pudesse brigar pelo título", disse Jorge Jesus, em 2020.

Veja técnicos sem clube que são opções no mercado



No dia 18 de maio de 2019, o técnico Jorge Jesus, ainda pouco conhecido em terras brasileiras, foi ao Independência acompanhar a vitória do Atlético por 2 a 1 sobre o Flamengo, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Jesus assistiu ao duelo em Belo Horizonte na companhia de Ricardo Guimarães, de Rubens Menin e de Lucca Bertolucci. Naquele momento, o Galo estava em busca de um treinador. Levir Culpi foi demitido em abril de 2019, e Rodrigo Santana ainda comandava o time interinamente. Hoje, o português volta a ser alvo do Atlético.

Palavra do presidente

Jogadores do Atlético com contratos que se encerram em 2022



A reportagem entrou em contato com o presidente Sérgio Coelho. O mandatário evitou dar qualquer detalhe sobre a negociação com Jorge Jesus para não prejudicar as tratativas. "Eu defendo o Atlético e não posso falar nada que possa prejudicar", disse.

"Eu não vou falar nada. Neste momento, é boca calada. De mim, não vão tirar nada. Trabalhamos defendendo o Atlético. O que eu falo pode complicar", completou. O presidente tentou despistar, mas o Galo tem Jorge Jesus como plano A neste primeiro momento.

As férias dos jogadores do Atlético



Compartilhe