UAI

2

Pelo recorde! Hulk pode ser maior artilheiro do Atlético na Libertadores

Atacante tem dez gols pelo Galo no torneio continental, um a menos que Jô; chance de empatar a liderança é nesta quarta-feira, contra o Tolima, no Mineirão

24/05/2022 06:00 / atualizado em 23/05/2022 18:56
compartilhe
Hulk tem 54 gols com a camisa do Atlético
foto: Pedro Souza/Atlético

Hulk tem 54 gols com a camisa do Atlético

A partida contra o Tolima, nesta quarta-feira, às 21h, no Mineirão, pode ser especial para Hulk. Caso balance as redes da equipe colombiana, o atacante se tornará o maior artilheiro do Atlético na história da Copa Libertadores.

Atualmente, Hulk ocupa o segundo lugar, com dez gols marcados. O líder da lista é Jô, que balançou as redes 11 vezes no torneio - em 2013, ano do título, o ex-camisa 7 do Galo marcou sete vezes e foi o artilheiro da competição.

Maiores artilheiros do Atlético na Copa Libertadores



Nesta edição da Libertadores, Hulk marcou três vezes, todas contra o Independiente del Valle, do Equador - uma vez fora de casa e duas no Mineirão. No ano passado, ele marcou sete vezes, sendo seis na fase de grupo e um nas quartas de final contra o River Plate, da Argentina.

Hulk vem apresentando excelente desempenho nesta temporada. Em 19 partidas no ano, são 18 gols marcados e três assistências. 

No total, Hulk jogou 87 vezes pelo Atlético. Com 54 gols marcados, ele é o 43° maior artilheiro da história do Alvinegro. O próximo da lista é Vaguinho. O atacante, que jogou no Galo entre 1968 e 1971 e depois em 1981, fez 56 gols em 213 partidas.

Os 50 maiores artilheiros da história do Atlético



O jogo desta quarta-feira é importante para o Atlético. Apesar de já ter garantido a classificação às oitavas de final da Copa Libertadores, o Galo precisa da vitória para fechar o Grupo D na liderança. 

O Alvinegro pode, dependendo de resultados, fechar a fase de grupos como segundo melhor colocado. Para isso, tem que torcer contra Flamengo (que recebe o Sporting Cristal, do Peru), River Plate (que recebe o Alianza Lima, do Peru) e Estudiantes (que visita o Vélez Sarsfield, da Argentina).

Compartilhe