UAI

2

Turco espera recuperar identidade defensiva do Atlético na base da conversa

Sem tempo para treinos, treinador diz que Alvinegro precisa jogar como time grande e não tomar tantos gols como aconteceu na derrota para o Fluminense

09/06/2022 07:00
compartilhe
Turco Mohamed terá que fazer mudança na defesa do Atlético
foto: Pedro Souza/Atlético

Turco Mohamed terá que fazer mudança na defesa do Atlético

O Atlético teve o seu pior desempenho defensivo dos últimos anos na noite dessa quarta-feira. O Alvinegro perdeu por 5 a 3 para o Fluminense e deixou escapar a chance de assumir a liderança do Brasileirão. O expressivo número de gols sofridos acenda uma luz de alerta na Cidade do Galo.


A última vez que o Alvinegro havia levado tantos gols em uma partida foi na histórica derrota para o Cruzeiro, por 6 a 1, na última rodada do Brasileirão de 2011. Na ocasião, a Raposa escapou do rebaixamento com o triunfo sobre o Galo.

No ano passado, o Atlético foi campeão brasileiro com a melhor defesa do torneio. Foram 37 gols sofridos. Na atual edição, foram 13 sofridos em dez jogos. 

Os adversários não precisam de tantas finalizações para marcar no Galo. Dono da terceira pior defesa da competição, o Atlético leva um gol a cada 6,7 finalizações (os números são do Footstats). É o pior índice do Campeonato Brasileiro 2022.

O ideal para o Galo é corrigir os problemas na defesa. No entanto, o técnico Turco Mohamed não vem encontrando tempo para os ajustes nos treinamentos. Para o duelo contra o Santos, sábado, às 19h, no Mineirão, serão apenas duas atividades (nesta quinta, um trabalho regenerativo e, nesta sexta, o último trabalho antes do jogo). 


Com pouco tempo de preparação, o treinador argentino promete tentar ajustes no sistema defensivo na base da conversa.

"Temos que fazer ajustes individuais, porque não temos tempo para trabalhar. Nos preparamos para o jogo somente falando. Não há tempo, e no sábado também não haverá tempo. Assim, fazer uma mudança de jogadores ou tentar... Creio que recuperar a memória na parte defensiva, porque domingo fizemos uma partida perfeita defensivamente, e hoje (ontem) foi muito ruim", disse o treinador.

Turco Mohamed acredita que pode resgatar no Atlético o bom desempenho defensivo dos últimos meses. O treinador espera que os erros sejam corrigidos já no duelo contra o Santos.

"Esperamos corrigir todos os erros e no sábado voltar à nossa identidade. É o que temos que fazer: recuperar nossa identidade e jogar como equipe grande, que não toma tantos gols", concluiu.

Para o duelo contra o Santos, o treinador precisará fazer uma mudança na defesa. Suspenso, Nathan Silva não jogará. Réver deve assumir a posição. Turco também poderá mexer na lateral esquerda. De volta após passagem pela Seleção Brasileira, Guilherme Arana entrará no lugar de Rubens.

Compartilhe