UAI

2

Atlético vence Botafogo com gol de Zaracho e assume liderança do Brasileiro

Meio-campista argentino encobriu o goleiro Douglas Borges e garantiu vitória no Nilton Santos; técnico Turco Mohamed ganha sobrevida no cargo

17/07/2022 20:08 / atualizado em 18/07/2022 15:40
compartilhe
Zaracho vibrou bastante com o belo gol marcado contra o Botafogo
foto: Pedro Souza/Atlético

Zaracho vibrou bastante com o belo gol marcado contra o Botafogo


O Atlético é o novo líder do Campeonato Brasileiro. Na noite deste domingo, no estádio Nilton Santos, o Galo bateu o Botafogo por 1 a 0 e assumiu a primeira posição da competição. O belo gol de Matías Zaracho, que encobriu o goleiro Douglas Borges no início do segundo tempo, deu sobrevida ao técnico Turco Mohamed no comando da equipe alvinegra.



Turco vinha sendo pressionado. A demissão do treinador chegou a ser discutida após a eliminação nas oitavas de final da Copa do Brasil para o Flamengo. A diretoria deu nova chance ao argentino contra o Botafogo. A vitória, apesar da atuação pouco convincente, deixa o técnico por mais tempo no cargo.

Além de aliviar a pressão no técnico Turco Mohamed, o Atlético assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro provisoriamente. O Galo chegou a 31 pontos, um a mais que o Palmeiras, que enfrenta o Cuiabá, em casa, nesta segunda-feira. Já o Botafogo fica na 11ª posição, com 21 pontos. 

O Atlético volta a campo na próxima quinta-feira. O Galo visita o Cuiabá, às 19h, na Arena Cuiabá. Já o Botafogo visita o Santos na quarta-feira, às 21h30, na Vila Belmiro.

Botafogo x Atlético: veja fotos do jogo no Nilton Santos



O jogo


O técnico Turco Mohamed fez duas mudanças em relação ao time que perdeu para o Flamengo. Saíram Nathan Silva e Ademir para as entradas de Igor Rabello e Eduardo Vargas.

O Atlético atuou, inicialmente, com Zaracho pela direita, mas flutuando pelo centro, e Vargas na esquerda. Desta forma, Mariano tinha bastante liberdade para chegar ao fundo. Em certa parte da etapa inicial, os dois jogadores inverteram os lados, dando mais chance de Arana aparecer no ataque.

O Galo dominou o primeiro tempo, mas criou poucas chances. O Botafogo, bem postado, marcava bem a bola no centro. Os extremos ajudavam bastante na recomposição, dificultando a vida dos jogadores de lado do Atlético. 

As melhores chances foram do Atlético - o Botafogo levou perigo apenas em jogadas de bola parada. No começo do jogo, em lance que o árbitro Raphael Claus apitou pênalti (foi anulado pelo VAR), Zaracho finalizou dentro da pequena área e a zaga conseguiu afastar. Já no fim, Mariano cruzou para o próprio Zaracho, que tocou de cabeça e acertou o travessão.

O Galo voltou para o segundo tempo com a mesma formação que terminou o primeiro tempo, com Vargas na direita e Zaracho pela esquerda. E o chileno iniciou grande lance do Atlético. Ele lançou em profundidade para Mariano cruzar. Nacho apareceu livre e perdeu chance inacreditável.

Mas, pouco depois, o Galo abriu o placar. Após dividida de Arana com o defensor do Botafogo dentro da área, a bola sobrou para Zaracho, na lateral esquerda da área. Ele levantou a cabeça e cruzou na segunda trave. A bola encobriu o goleiro Douglas Borges e morreu no fundo das redes: 1 a 0.

Depois do gol, o Botafogo foi para cima e empurrou o Galo para o campo de defesa. O time carioca, no entanto, pouco incomodava o goleiro Everson - as chegadas de maior perigo eram nas bolas paradas. O Atlético perdeu a força no meio e passou apenas a se defender, esperando a chance de um contra-ataque. As chances foram raras. No fim, Hulk acertou o travessão, Ademir pegou o rebote, e Keno finalizou para as redes, mas o árbitro Raphael Claus anulou o lance por impedimento. O Galo reclamou de pênalti não marcado, mas o jogo foi encerrado com triunfo alvinegro por 1 a 0.

BOTAFOGO 0 X 1 ATLÉTICO


Botafogo

Douglas Borges; Saravia, Philipe Sampaio, Kanu e DG (Mezenga, 15/2°T); Luís Oyama (Del Piage, 29/2°T), Tchê Tchê e Lucas Fernandes; Vinicius Lopes (Lucas Piazon, 29/2°T), Gustavo Sauer (Jefinho, 13/2°T) e Erison (Matheus Nascimento, 29/2°T)
Técnico: Luís Castro

Atlético

Everson; Mariano, Igor Rabello (Nathan Silva, 14/2°T), Junior Alonso e Arana; Allan, Jair (Otávio, 14/2°T), Zaracho (Réver, 45/2°T) e Nacho (Keno, 22/2°T); Vargas (Ademir, 14/2°T) e Hulk
Técnico: Turco Mohamed

Gol: Zaracho (9/2°T)
Cartões amarelos: Tchê Tchê (29/1°T); Igor Rabello (31/1°T); Allan (39/1°T); DG (51/1°T); Mariano (26/2°T); Del Piage (36/2°T)

Motivo: 17ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Nilton Santos
Data e horário: domingo, 17 de julho, às 18h

Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP) e Evandro de Melo Lima
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-FIFA/SP)


Compartilhe