UAI

2

Comentarista de arbitragem vê Atlético prejudicado: 'Pênalti claro'

Sandro Meira Ricci disse durante a transmissão do jogo que houve penalidade sobre o atacante Ademir, do Galo, no fim do duelo contra o Botafogo

17/07/2022 21:59 / atualizado em 18/07/2022 15:47
compartilhe
Ademir foi derrubado na área, mas o pênalti não foi marcado
foto: Pedro Souza/Atlético

Ademir foi derrubado na área, mas o pênalti não foi marcado

Comentarista de arbitragem dos canais Globo, o ex-árbitro Sandro Meira Ricci afirmou que o Atlético foi prejudicado por Raphael Claus, árbitro brasileiro que vai apitar a Copa do Mundo, durante a vitória sobre o Botafogo, por 1 a 0, na noite deste domingo, no estádio Nilton Santos. No duelo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Galo poderia ter saído com uma vantagem maior, caso um pênalti sobre Ademir tivesse sido marcado no último lance.


Após cobrança de falta de Hulk no travessão, Ademir pegou o rebote e foi derrubado por Del Piage. A bola sobrou com Keno, que balançou as redes em posição irregular.

Na visão de Sandro Meira Ricci, o lance em Ademir foi faltoso e o pênalti deveria ter sido marcado no estádio Nilton Santos. Chamado ao VAR, Claus decidiu por não apitar a penalidade.

"A posição do Ademir era legal. Depois, houve uma penalidade no Ademir, penalidade do Del Piage. O gol não vai ser validado, porque o Ademir toca com a panturrilha na bola e a bola sobra para o jogador que estava impedido fazer o gol. Como o Ademir não estava impedido, na minha visão ele sofre a carga, sofre o pênalti. Tem que ser marcado, porque o jogador que faz o gol está em posição adiantada. Como havia o impedimento, mas houve o pênalti prévio, o pênalti tem que ser marcado. O pênalti é claro", disse Sandro.

Questionado se os erros de arbitragem nesta noite podem prejudicar Claus às vésperas da Copa do Mundo (ele também apitou um pênalti inexistente a favor do Galo), Ricci disse que o dono do apito viveu uma noite ruim e explicou a falha de posicionamento no Nilton Santos.

"É ruim, mas ele ficou distante no lance. No momento da cobrança da falta, ele não se movimentou para poder observar o detalhe. Para mim, houve a penalidade que deveria ter sido marcada", concluiu.

Mesmo sem o pênalti marcado, o Atlético venceu o Botafogo por 1 a 0 e assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro. O Galo torce contra o Palmeiras, que enfrenta o Cuiabá nesta segunda-feira, em casa, para fechar a rodada na ponta.

Compartilhe