UAI

2

Atlético tem apagão e perde de virada para o Corinthians no Mineirão

Galo controlava o jogo, mas levou dois gols em curto período e acabou derrotado diante da torcida pelo Campeonato Brasileiro

24/07/2022 19:59 / atualizado em 24/07/2022 20:47
compartilhe
Fábio Santos foi o nome do jogo e marcou os dois gols do Corinthians
foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press

Fábio Santos foi o nome do jogo e marcou os dois gols do Corinthians

 
O técnico Cuca terá bastante trabalho para ajustar o Atlético. Na noite deste domingo, no Mineirão, o Galo vinha tendo atuação segura, mas teve apagão na reta final do segundo tempo, levou a virada do Corinthians e acabou perdendo por 2 a 1, em duelo válido pela última rodada do turno do Campeonato Brasileiro. Keno abriu o placar na etapa inicial, mas Fábio Santos, duas vezes, fez valer a lei do ex no Gigante da Pampulha.


 
Com a derrota, o Atlético perde chance de assumir a vice-liderança e vê o Palmeiras disparar. Agora são sete pontos de diferença. O Galo fica em quarto, com 32. Já o Corinthians é o vice-líder, com 35.
 
O Atlético agora terá uma semana de folga. O técnico Cuca terá tempo de fazer os ajustes necessários até o duelo contra o Internacional, domingo, às 16h, no Beira-Rio, pelo Campeonato Brasileiro.
 
Já o Corinthians tem duelo pela Copa do Brasil. O Timão entra em campo na quarta-feira, contra o Atlético-GO, no Antonio Accioly, pela ida das quartas de final.

Fotos de Atlético x Corinthians no Mineirão pelo Brasileiro - 24/07


 

O jogo

 
O técnico interino Lucas Gonçalves escalou o Atlético com o retorno de titulares poupados no empate com o Cuiabá, que marcou a demissão de Turco Mohamed. O Galo jogou com postura diferente, mais agressivo para marcar no campo de ataque e muita velocidade na transição de jogadas.
 
E, antes dos dez minutos, a torcida atleticana explodiu no Mineirão. Keno relembrou os bons tempos da reta final com Cuca no ano passado e acertou lindo chute de fora da área, no ângulo, sem chance de defesa para Carlos Miguel: 1 a 0.
 
Depois do gol, Keno empolgou. Tentou mais duas finalizações de longe. O Galo teve outras chances, com Zaracho e Hulk, mas não conseguiu balançar as redes.
 
O Corinthians, acuado na primeira metade do primeiro tempo, passou a dominar a posse de bola na segunda parte da etapa inicial. Mas o time paulista só incomodou Everson em chute de longe defendido sem maiores perigos.
 
Para a etapa final, o Galo foi o mesmo. Já o Corinthians voltou com Cantillo e Róger Guedes nas vagas de Giuliano e Willian. 
 
O início do segundo tempo teve enredo parecido com o primeiro. O Atlético tinha a bola, mas falhava muito no último passe. Já o Corinthians, quando tinha a bola, não conseguia entrar na área alvinegra. 
 
Os técnicos, então, mexeram nas equipes. No Galo, entraram Pedrinho, Pavón e Otávio nas vagas de Keno, Nacho e Jair. No Corinthians, Roni, Gustavo Silva e Giovane foram acionados nos lugares de Maycon, Yuri Alberto e Adson.
 
O Corinthians passou a atuar mais no campo de ataque, trocando passes, enquanto o Galo se defendia bem. Mas, num cruzamento de Fagner da direita, Fábio Santos apareceu nas costas de Pedrinho e deu belo peixinho para balançar as redes e empatar o duelo: 1 a 1.
 
E o Galo teve um apagão geral. Logo na sequência, o garoto Giovane driblou Junior Alonso e foi derrubado na área. Pênalti marcado com auxílio do VAR. Na cobrança, Fábio Santos finalizou sem chances para Everson e virou o jogo: 2 a 1.
 
Lucas Gonçalves colocou Vargas e Kardec em campo, e o Galo foi para cima. O time lutou até o último lance, mas não conseguiu o gol de empate. Fim de jogo e derrota no Mineirão
 

ATLÉTICO 1 X 2 CORINTHIANS

 

Atlético

Everson; Mariano, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Alan Kardec, 43/2°T), Jair (Otávio, 20/2°T), Nacho Fernández (Pavón, 28/2°T) e Zaracho (Vargas, 43/2°T); Keno (Pedrinho, 20/2°T) e Hulk
Técnico: Lucas Gonçalves
 

Corinthians

Carlos Miguel; Fagner, Bruno Méndez, Balbuena e Fábio Santos; Du Queiroz, Maycon (Roni, 19/2°T) e Giuliano (Cantillo, intervalo); Willian (Róger Guedes, intervalo), Adson (Giovane, 21/2°T) e Yuri Alberto (Gustavo Silva, 19/2°T)
Técnico: Vítor Pereira
 
Gols: Keno (8/1°T); Fábio Santos (34/2°T e 41/2°T)
Cartões amarelos: Nacho (44/1°T); Yuri Alberto (45/1°T); Junior Alonso (39/2°T)
 
Motivo: 19ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Data e horário: domingo, 24 de julho de 2022, às 18h
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte
 
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (FIFA) e Thiaggo Americano Labes (SC)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Compartilhe