UAI

2

Atlético visita Inter na reestreia de Cuca e tenta quebrar jejum na Série A

Colorado pode ultrapassar o Galo em caso de vitória diante de sua torcida; Alvinegro tenta diminuir distância para o líder Palmeiras

31/07/2022 06:00
compartilhe
Cuca reestreia pelo Galo em busca de mais um título do Campeonato Brasileiro
foto: Pedro Souza/Atlético

Cuca reestreia pelo Galo em busca de mais um título do Campeonato Brasileiro

 
Chegou o dia da reestreia do técnico Cuca no comando do Atlético. Na tarde deste domingo, às 16h, no Beira-Rio, o treinador estará a frente do Galo diante do Internacional, em confronto direto válido pela rodada de abertura do returno do Campeonato Brasileiro.

Contratações dos times da Série A para o segundo semestre

 
Cuca ficou sete meses afastado do Atlético. No fim do ano passado, após conquistar o "triplete alvinegro" (Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro), ele pediu demissão para ficar mais tempo com a família. Em seu lugar, assumiu Turco Mohamed, demitido há pouco mais de uma semana.
 
De volta ao Atlético, Cuca tem duas missões espinhosas pela frente: tentar brigar pelo título do Campeonato Brasileiro (o Galo está sete pontos atrás do líder Palmeiras) e lutar pela Copa Libertadores, que escapou no ano passado. Na próxima quarta-feira, o Alvinegro recebe o mesmo Palmeiras, algoz em 2021, pela ida das quartas de final.
 
O jogo desta tarde é importante para Atlético e Internacional. O Galo pode, em quarto, tenta diminuir a diferença para o líder Palmeiras. O Colorado, em sétimo, vai ultrapassar o Alvinegro em caso de resultado positivo diante de sua torcida. 
 
A chegada de Cuca traz de volta a confiança ao elenco atleticano, que está há dois jogos sem vencer. O atacante Hulk acredita que o time vai crescer de produção nas próximas semanas. "Foi uma semana boa de trabalho com a chegada do professor Cuca, que já conhece o plantel. Conseguiu fazer um ótimo trabalho esta semana para que a gente pudesse recuperar algumas coisas que não estavam acontecendo. O Cuca, pela experiência que tem, pelo conhecimento do futebol brasileiro que tem, ele vai agregar muito ao nosso grupo", disse o astro atleticano.

Estreias do treinador Cuca desde 2010


Cuca não tem problemas para escalar o Atlético para o jogo deste domingo. Eduardo Sasha, único jogador da equipe que estava no departamento médico, se recuperou e treinou normalmente nos últimos dias.

O treinador do Galo, no entanto, não deu pistas de qual time colocará em campo. Isso porque o Alvinegro enfrentará o Palmeiras, quarta-feira, às 21h30, no Mineirão, pela ida das quartas de final da Copa Libertadores. Desta forma, alguns atletas podem ser poupados.

Fotos do primeiro dia de Cuca no retorno ao Atlético


Internacional


O Internacional tem alguns desfalques para a partida. Na defesa, o zagueiro Rodrigo Moledo, com desconforto no joelho direito, não treinou nessa sexta-feira e deve ficar fora do duelo. Desta forma, a dupla de zaga deve ser formada por Mercado e Vitão.

No setor ofensivo, Taison e Alan Patrick ainda não estão em condições físicas ideais para jogar. A dupla está sendo preparada para o duelo contra o Melgar, de Peru, quinta-feira, pela Copa Sul-Americana.

O Inter tem novidades para enfrentar o Atlético. Reforços do time, o lateral-direito Weverton e o atacante Braian Romero estão regularizados e devem ficar no banco de reservas. Mikael, por sua vez, não foi relacionado.

Quem não estará no banco de reservas é o técnico Mano Menezes, suspenso. Ele será substituído pelo auxiliar Sidnei Lobo.

INTERNACIONAL X ATLÉTICO


Internacional

Daniel; Bustos, Mercado, Vitão e Renê; Gabriel, Edenilson e De Pena; Pedro Henrique (Mauricio), Wanderson e Alemão
Técnico: Sidnei Lobo

Atlético

Everson; Mariano, Igor Rabello (Nathan Silva), Alonso e Arana; Allan, Jair (Otávio) e Nacho (Vargas); Zaracho, Keno e Hulk
Técnico: Cuca

Motivo: 20ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Beira-Rio
Data e horário: domingo, 31 de julho, às 16h
Transmissão: Globo, Premiere e Globoplay

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (FIFA/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA/SP)

Compartilhe